https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Convite ao silêncio

 
Open in new window

Não, não me convide
A este mergulho,
Mergulhar no silêncio
É ser homem de meias-verdades

Mergulhar no silêncio,
É deixar-se rebocar
Pelo dúbio orgulho de alguém,
Que julga ser dono das palavras

Não me convide a este mergulho,
Eternize teu mutismo, prefiro assim,
Do que palavras vendidas
À dor dos teus cotovelos

Prefiro assim,
Do que as palminhas
Que me davas nas costas,
Enquanto teu coração chorava por dentro

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
322
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
3
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 21/09/2018 09:57  Atualizado: 21/09/2018 10:13
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6330
 Re: Convite ao silêncio
Quando o medo invade a alma,
A verdade separa-se da razão
E o terror teima em ficar
Pendurado no vazio da verdade,
Que jaz nas brumas do silêncio

Open in new window

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 21/09/2018 11:41  Atualizado: 21/09/2018 11:41
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15125
 Re: Convite ao silêncio
Bem dito, poeta amigo. Belo recado! Abraços!