https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Fome

 
Tags:  douro  
 
Agarro-me
ainda
ao arame farpado
que me permite ter o céu
como fundo essencial
-
e agradeço ao vento
por ter sido as minhas asas.

E há-de a terra, o rio
este breve sol poente
ser sempre poesia
que d'ouro me alimente.


Open in new window

Registo fotopoético de:


Teresa Teixeira


 
Autor
Sterea
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1261
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Juvenal Nunes
Publicado: 04/11/2018 11:34  Atualizado: 04/11/2018 11:34
Da casa!
Usuário desde: 28/07/2013
Localidade: Douro Litoral
Mensagens: 438
 Re: Fome
Vivemos a vida balizados pelo que nos limita e pelo que nos estimula. Pelo meio tomamos o pábulo que nos redime. Poema simples e breve mas de amplo significado.

Juvenal Nunes