https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Saber o que é a Vida

 
Quando te vi
Pela primeira vez,
Toda a indecisão
Em encanto
E doce espanto se transformou.

Nessa tarde quente
Com o sol já alto,
Eu senti na minha mente
O simples enlevo
De algo a brotar
Do gélido coração.

A semente desse amor enraizou
E, como quem espera
Pelo momento certo para desabrochar,
Ele lá ficou.
Só o suave calor da tua pele,
Só os teus olhos
Silenciosos, pedintes
De um desejo comum,
Fizeram finalmente com que reconhecesse
Este sentimento sem par!
Aprendi o que é AMAR!

Foram tantas as lutas que se travaram!
(E que se irão travar!)
Foram tantas as mágoas sofridas,
Os sonhos por concretizar!
São tantas as saudades
Na hora da partida!

Mas é tão grande
Este amor!
Porque eu amo-te perdidamente!
És a minha vida, o meu suporte
E tão intensa é esta felicidade
De te ter ao meu lado,
Que só quero partilhar esta alegria com todos!

Mesmo assim, não nos podemos esquecer:
É tão fácil dizer: AMO-TE!
É só mexer os lábios!
Mas AMAR! Oh! AMAR!
AMAR é
Saber DAR
Saber RECEBER
Saber AMPARAR
Saber PERDOAR
Saber ALEGRAR
Saber FESTEJAR
Saber UNIR
Saber SENTIR
Saber TOCAR
Saber BRILHAR
Saber ser quem és na realidade!


Poemas originais por Tânia Oliveira (Direitos reservados)

(este poema é ainda um rascunho perdoem-me pela falta de correcção)
 
Autor
Tânia
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3367
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.