https://www.poetris.com/
Poemas : 

Corais

 
Ali, no imóvel silêncio azul,
Passeiam peixes iridescentes
Passam as pálidas medusas
Nas anfractuosidades quentes.

Estruturais góticos marmóreos
Oriundos de uma graça divina
Estrelaçam em arabescos arbóreos
Onde vida inaparente se anima.

É uma floresta de cores vivas,
Um micromundo de pólipos pequenos...
Ondas de maravilhas marinhas
Servem aos nossos olhos serenos.

São as formações coralinas
Que vista invade e que embala
Parece misteriosa mandala
No cimo de rosadas colinas.


São extensões à flor da água.
São rochas porosas e coloridas
Que aliviam do mundo a mágoa
Recinto sacrossanto das vidas.

Tem pele de anjo, branco, purpúreo
De cores esplendorosas e vitrais
Que deixam um suspiro, um murmúrio
Na faixa dos australianos... Corais!










Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
153
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
6
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 18/12/2018 15:46  Atualizado: 18/12/2018 15:46
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1772
 Re: Corais
Lindo.. simplesmente linda a imagem que levei ao ler este poema. O calor do verão.. a beleza do oceano frente a estes versos. Deslizei pelos corais! Gostei muito! Beijos.


Enviado por Tópico
Keithrichards
Publicado: 19/12/2018 13:53  Atualizado: 19/12/2018 13:53
Colaborador
Usuário desde: 17/03/2014
Localidade:
Mensagens: 2473
 Re: Corais
Gostei da forma como você pincelou, formando uma bela pintura esse belo poema vivido, Corais!
Para mim foi uma leitura bem agradável, e um tema bem interessante de se poetizar, parabéns!!!

Grande abraço!


Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 19/12/2018 21:13  Atualizado: 19/12/2018 21:13
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6443
 Re: Corais
Boa noite, Gyl,

Belíssimo, vislumbre.
Parabéns!

Passando para te desejar um feliz natal junto aos seus.

Um abraço,
Mary Jun