https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Deusa da Luxuria

 
Open in new window
Deusa da Luxuria

Os teus seios pedem e consentem
beijos na tua pele ardente
sal a escorrer pela boca...incandescente.
E a primavera que de repente,
exala no mundo essência de flores

E o sol que brilha no céu
como um halo na cor do mais puro cobre.
E o rio, aonde um barco de papel que corre,
pelas curvas do tempo que se retesa e torce,
na busca de efêmeros amores

Neste pedaço de vida, nesta rua florida
é você que somente revida com beijos na boca
porem de tantos pecados é absolvida,
mesmo na anuência louca
destes gemidos debaixo de cobertores

Deusa da luxuria consentida. É você
que extrai lavas de falos reluzentes.
Hedonê corroas a carne dos enganosos
em um mar de despudores,
jogue na miséria
aqueles que hostilizam amores e gozos
mas se enfeitam de polens de flores.

Alexandre Montalvan

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
370
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.