https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Fantasia : 

A peculiar sina de Abissimor e Ermentior ao encontrar o poeta...

 
Abissimor:
Tenho minha boca cheia de lamentos e palavras impronunciadas
Tenho minh’alma repleta de tenazes tormentas, o escuro infindo
Sou o sonhador que marcha pelos campos que a lenda esqueceu
Ermentior:
Sobre meu cavalo que cavalga os ventos, sigo em busca do verão
Busco dias ensolarados em festa de cores e me esquivo da febre
Busco a alegria como o arauto que acorda a vila com sua trompa
Abissimor:
Meu dia nasce com o coração ferido, trespassado, vai a sangrar
A noite de cobre vem a meu encontro, meu país é sempre noite
Vejo bocas pálidas repletas de cantos que não se atrevem cantar
Ermentior:
A primavera se faz estampar em flores no peitoral de meu cavalo
Sou o cavaleiro do Lírio, sou o dançarino que revoa o pó do chão
Caminho entre as árvores, os olhos na lua que me cobre de beijos
Abissimor:
Minha noite se cobre de nuvens, tudo é sombrio na névoa espessa
O relógio me cobra o tempo, com suas engrenagens já tanto gastas
Entre o ar morno da floresta, o feno desprende seu hálito de luto
Ermentior:
Trago o consolo em mim, cada pedra do caminho é um monumento
Uma aurora de mistérios se apresenta à minha frente no horizonte
Lanço-me bravio e proclamo ao silêncio que é chegada a minha voz
___________________
O Poeta:
Os ponteiros se aproximam da meia noite, ao longe se veem clarões
É a chuva que se faz anunciar, bradando com reclamos de trovões
Vem aos ouvidos como antiga memória tão vívida quanto cotidiana
Soa a trombeta de ouro brilhante a anunciar que é hora de acordar
Hora que clama pelo poema com suas folhas brancas sobre a mesa



Dor e angústia protagonizam o show
Quando a noite vem, a mágica se faz
Nasce o poema das entranhas feridas
Então, abro as asas e voo ao infinito.




 
Autor
Mr.Sergius
 
Texto
Data
Leituras
369
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
2
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
benjamin
Publicado: 25/09/2022 08:45  Atualizado: 25/09/2022 08:45
Super Participativo
Usuário desde: 02/10/2021
Localidade:
Mensagens: 161
 Re: A peculiar sina de Abissimor e Ermentior ao encontrar...
Texto muito belo, entre o "Cântico dos Cânticos" e a "Menina e Moça", de Bernardim Ribeiro.