https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Alegria : 

DEPRESSÃO EFÊMERA

 
Tags:  poeta  
 
DEPRESSÃO EFÊMERA
(Jairo Nunes Bezerra)



Vida vazia próxima do nada!
Momentos angustiantes...
Retinas pelo sol dilatadas...
E por estradas sigo andante!

Após o prazer, vem o cansaço!
E momento triste de solidão...
Se perdido o embalo,
Perpetua-se a escuridão!

E volta o amor a figurar!
Solto, liberto tal onda do mar...
Trazendo a tranqüilidade!

E o poeta alegre volta a sorrir!
Não mais deseja partir...
E ilusão e fantasia viram eqüidades!





 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
596
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.