https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

MOVIMENTOS

 
MOVIMENTOS
 
Crio e recrio
Planto e colho
Sonho e acordo
Amo e odeio

Triste e magnífica
Polaridade que vivo
Liberdade que escraviza
Limitação que liberta

Emoções conturbadas
São a matéria-prima de meu ser
Mas sem elas e seu estímulo
Não haveria cores em meu viver

Se equilibrado fosse sempre
A vida não teria sabor
Não faria sentido viver aqui
Sem tanta coisa para transpor

Perceber-se é fundamental
Aceitar-se, primordial
E ao unir consciência e aceitação
Sentimos o bem que faz esta união

Nascemos nús e morremos vestidos
Talvez devamos despir-nos para morte
E renascer “vestidos” da mais pura essência
Presente porém, ofuscada por nossa demência.


Faze o que tu queres será o todo da Lei.
Amor é a Lei. Amor sob Vontade.

 
Autor
Ravendra
Autor
 
Texto
Data
Leituras
864
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 09/01/2009 20:51  Atualizado: 09/01/2009 20:51
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: MOVIMENTOS
Magnificamente bem escrito
e filosoficamente verdadeiro.
Por isso... aceite os meus sinceros parabéns!
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 09/01/2009 21:51  Atualizado: 09/01/2009 21:51
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: MOVIMENTOS
Ravendra,

...e dizem que vamos deitados...

Gostei muito de lê-la.

Bjs

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 09/01/2009 22:33  Atualizado: 09/01/2009 22:33
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12125
 Re: MOVIMENTOS
Pura beleza poética na plenitude da verdade com muita psicologia, adorei.

Beijos