https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

sou

 
Sou o teu engano
a ambiguidade
do parecer ser!
O dizer
do silêncio
que agarra
que chora
no amanhecer,
Sem esquecer
as amarras
do meu pensar.
Sou o tema
do teu poema
qual dilema
no acontecer
obscuro
difuso
profuso
sem uso.
Quero ser
a musa do teu
falar.
A centelha
do teu viver!




Carolina

 
Autor
Carolina
Autor
 
Texto
Data
Leituras
706
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Nitoviana
Publicado: 11/05/2009 23:43  Atualizado: 11/05/2009 23:43
Colaborador
Usuário desde: 10/04/2009
Localidade:
Mensagens: 648
 Re: sou
Que nunca esqueças as amarras do teu pensar, que sejas sempre tu, não difusa!
Gostei muito, mesmo muito!
Um beijo


Enviado por Tópico
(re)velata
Publicado: 12/05/2009 00:54  Atualizado: 12/05/2009 00:54
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2009
Localidade: Lagos
Mensagens: 2181
 Re: sou
Que belo texto, Carolina! Como, de resto, já é costume! Continua a soltar as amarras do teu pensar em poemas assim! Sem dilemas!

Um beijinho