https://www.poetris.com/

 
« 1 (2) 3 4 5 ... 8 »
Offline
silva.d.c
Pedalar na maionese
Das duas, uma: ou a bicicleta devia chamar-se de cicleta ou o ciclista de biciclista.
Enviado por silva.d.c
em 11/06/2017 22:36:29
Offline
silva.d.c
A viagem mais curta da alma e do amor
A vida é a viagem mais curta da alma. Ao corpo físico cabe o dever A responsabilidade de bem cu...
Enviado por silva.d.c
em 10/06/2017 00:35:35
Offline
silva.d.c
Brilha na constância de um anjo adormecido
Um tempo sublime anestesiado pela cor dos meus dias. Como uma luz de pedra, levas-me, tomas-me os...
Enviado por silva.d.c
em 27/05/2017 21:48:29
Offline
silva.d.c
Sobre o poema
1. "Há já muito tempo que não escrevo um poema" E não me tem feito falta alguma Tenho a...
Enviado por silva.d.c
em 22/05/2017 00:35:28
Offline
silva.d.c
Um lugar melhor
Do lugar de onde vim, o tempo afastou-me da morte No passado não posso morrer. Os que para trás...
Enviado por silva.d.c
em 20/05/2017 03:55:31
Offline
silva.d.c
Casa vazia
A minha casa está vazia Paredes brancas, despidas do que agora não se vê Outrora duvidas e medos...
Enviado por silva.d.c
em 18/05/2017 04:14:50
Offline
silva.d.c
Ilusório
Caminha ao meu lado Se quiseres. Olha para mim que eu olho para ti E tocamo-nos assim. Não tenha...
Enviado por silva.d.c
em 13/05/2017 22:36:52
Offline
silva.d.c
Metamorfose
É o meu pensamento que cria e oferece sentido aos dias. Isto pode parecer uma ideia irracional e ...
Enviado por silva.d.c
em 11/05/2017 00:27:50
Offline
silva.d.c
A dor vestirá outras lágrimas
Os sentimentos acabarão por encontrar abrigo noutras rosas E perpetuar o sol sobre todos os jardi...
Enviado por silva.d.c
em 04/05/2017 22:31:49
Offline
silva.d.c
TV news
Ver noticiários na televisão é exactamente como ver aqueles filmes em que a história é ligeiramen...
Enviado por silva.d.c
em 23/04/2017 00:42:49
Offline
silva.d.c
Elegia aos poetas mortos
Todos os dias morrem poetas E sempre que morre um poeta há uma dor que alastra Com fome de tudo. ...
Enviado por silva.d.c
em 14/04/2017 00:02:47
Offline
silva.d.c
Estranho
A vida é uma maneira estranha de passar o tempo. Repleta de lugares estranhos Onde se encontram p...
Enviado por silva.d.c
em 31/03/2017 23:53:13
Offline
silva.d.c
Isto não é uma despedida qualquer
Doeram-me mais tristezas Do que dias tristes que tive Doeram-me todos os dias E todos os que tive...
Enviado por silva.d.c
em 29/03/2017 18:52:27
Offline
silva.d.c
Em tudo um nada
Alimentar uma essência especial Talvez uma luz Interna à matriz que edifica o espírito Que des...
Enviado por silva.d.c
em 25/03/2017 22:45:53
Offline
silva.d.c
Esta esculpida vertigem
Do alto desta altura imprópria, esta esculpida vertigem Moldam-se os prédios, as ruas, os passeio...
Enviado por silva.d.c
em 15/03/2017 22:51:44
Offline
silva.d.c
Pensão barata
O que me aborrece na vida É ser distraído por medos e dúvidas Com pensamentos baratos e despropos...
Enviado por silva.d.c
em 19/01/2017 16:38:26
Offline
silva.d.c
O homem sentia letras nos dedos
O homem sentia letras nos dedos Escrevia o sonho Voava O homem sentia vozes na boca Vivia a pala...
Enviado por silva.d.c
em 13/01/2017 23:52:31
Offline
silva.d.c
Temporal poema porque chovem as manhãs
Temporal poema porque chovem as manhãs Ainda ardes na fogueira onde forjei o teu corpo Talhei a j...
Enviado por silva.d.c
em 13/01/2017 23:41:47
Offline
silva.d.c
De formação
Uma mãe gosta mais do filho, do que o filho gosta da mãe. Porque a mãe, é mãe de um filho e o fi...
Enviado por silva.d.c
em 12/12/2016 21:29:32
Offline
silva.d.c
Ser grande é não ter tamanho
As pessoas podiam ser grandes Deviam ser, sem reservas, maiores do que o corpo que vestem As pess...
Enviado por silva.d.c
em 27/10/2016 18:40:16
« 1 (2) 3 4 5 ... 8 »