https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Se Perder Entre Travesseiros!

 
Agora a distância é muito pouca
Venha para sentir o meu cheiro,
Beber o néctar da minha boca...
Se perder entre lençóis e travesseiros...

Entre as línguas-labaredas da cama
Entrelace teus dedos nos meus dedos
Deixe, amor, arderem as tantas chamas
Acesas pelos nossos milhares de beijos...

Contemple meus olhos negros e profundos
Liberte-se dos medos, receios e segredos
Agora, meu amor, sou eu e você o mundo
E o nosso amor exemplo bonito e verdadeiro...

Faça mais felizes os meus olhos tristonhos
De ti tão enamorados e de ti tão desejosos
Seja serena rainha dos castelos encantados
Senhora da morada avarandada onde moro...

Dê manutenção ao amor que é só nosso
Pois sem ti, mulher amada e querida,
Não tem colorido nem sentido a vida
Assim sendo a morte não peço. Imploro.














Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
597
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 09/01/2010 01:16  Atualizado: 09/01/2010 01:16
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Se Perder Entre Travesseiros!
Tua cor interior é perfeita. E assim vai coçorindo
a vida. Beijos enormes e mineiros pra ti.