https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

REBOQUE DO SOL NASCENTE

 
Tags:  sonho    fantasia    céu    estrela  
 
Open in new window


REBOQUE DO SOL NASCENTE

Pescava em mar astral...
Lançava uma rede de setecentos raios
Que lhe saltava dos olhos abissais...
E que desfecho com malha apinhada!
Enredou astros sortidos, estrelários...
Eram satélites, cometas, cadentes,
Aluziados entes celestes. Milenários!
Maranhou até um cavalo estelar refulgente
Que nem caberia em seu célio alevinário...
Como o bicho engastou crina, dente
Resolveu guardá-lo para, com calma, domá-lo...
Pena. Na volta, encalhou no abrolho de Sagitário
(Aguarda o reboque do sol nascente...)


Gê Muniz

 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1030
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
8
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 24/08/2010 23:08  Atualizado: 24/08/2010 23:08
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: REBOQUE DO SOL NASCENTE
Ao ler os nomes dos poetas nas telas, o seu significa,PARADA OBRIGARÓRIA, e nunca me arrependi! Tudo de bom pra voce!


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 24/08/2010 23:14  Atualizado: 24/08/2010 23:14
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15161
 Re: REBOQUE DO SOL NASCENTE
Uma maravilha de vocábulos manuseados por mãos de artesão. O título do texto por si só já é uma jóia. Um abraço do amigo do lado de cá!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/08/2010 23:53  Atualizado: 24/08/2010 23:53
 Re: REBOQUE DO SOL NASCENTE
Aguarda o reboque do sol nascente...)



Ah, visualizei... beijos poeta.


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 25/08/2010 02:05  Atualizado: 25/08/2010 05:28
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: REBOQUE DO SOL NASCENTE
Poeta Gê!

Poeta o senhor é mesmo surpreendente!
E o cavalo pobre encalhou e vai ter que aguardar o reboque do sol nascente.
Viva tão fértil imaginação!
Gostei do texto cheio de astros, cometas etc...
Bjo!
♫Carol