https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

 
procuro-te nos astros, na rota dos pássaros, na levada do rio que me cobre os olhos. procuro-te lá atrás no beijo esquecido, na lágrima recolhida num adeus. longe agora dos teus passos bebo os lugares que nos velavam os gestos, registo a tristeza mais bela e revelo as memórias na fonte das palavras. a solidão é um bom vinho que importa beber, só.

 
Autor
gabrielas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
923
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
19
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 11/09/2010 18:55  Atualizado: 11/09/2010 18:55
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7254
 Re: só para gabrielas
e importa saber saboreá-lo também.

tchim-tchim.

Enviado por Tópico
VIDEIRA
Publicado: 11/09/2010 19:31  Atualizado: 11/09/2010 19:31
Colaborador
Usuário desde: 30/10/2009
Localidade: Profundo Portugal
Mensagens: 502
 Re: só
Bem... eu ia juntar-me ao brinde, mas esse cálice bebe-se sozinho, mesmo... só chega para um. Tão pouco para uma pessoa só, e tanto para quando são muitos os convivas... (ou os bastantes dois, se apaixonados.)

Beijinho, a tua escrita é perfeita e sentida. Sem direito a adeus.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 11/09/2010 21:34  Atualizado: 11/09/2010 21:34
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: só
Fico na curiosidade de um dia beber um copo de solidão (bem) acompanhado...
Qual será o seu sabor?... rss

Um abraço0!

Abilio*

Enviado por Tópico
gabrielas
Publicado: 12/09/2010 14:02  Atualizado: 12/09/2010 14:02
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2010
Localidade:
Mensagens: 548
 Re: só
obrigada pelos vossos comentários.
gabrielas

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/09/2010 19:18  Atualizado: 14/09/2010 19:18
 Re: só
Bebe-se só, em goles saboreados. O bom vinho da solidão transmuta o sangue e nos devolve à roda da vida.
Brinde às Gabrielas!

seraabenedita.


Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 15/09/2010 22:32  Atualizado: 15/09/2010 22:32
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7283
 Re: só
Então um brinde sem tim tim já que em brindes de solidão não há o onomatopaico estalar dos copos. Se o vinho é bom, não pode haver tanto o que se lamente, pelo menos enquanto o vinho não acabe. Belo texto.

abraço


Enviado por Tópico
Dakini
Publicado: 16/09/2010 10:15  Atualizado: 16/09/2010 10:15
Da casa!
Usuário desde: 24/03/2010
Localidade: Espaço reduzido
Mensagens: 338
 Re: só
Importa saber-se estar nessa solidão de que fala. Para mim é um bem essencial, que já não dispenso. Essa disposição para a quietude do corpo e da alma, que nunca vem só, é em grandeza, superior a tudo o que me faz rodar em busca do novo movimento estrelar.

Gosto muito do que escreve

Bjs

Enviado por Tópico
Ghost
Publicado: 04/06/2011 23:11  Atualizado: 04/06/2011 23:11
Colaborador
Usuário desde: 09/04/2011
Localidade: Lisboa, Portugal
Mensagens: 1822
 Re: só
A solidão beber-se só? Estranho?
Se não se bebesse só talvez deixasse de ser solidão... ( Mas deixando de ser engraçada!)

Acho que deveria de voltar a escrever.
Quando escreve, transmite algo que talvez mereça ser lido por si.
Abraços e Felicidades.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/08/2011 21:12  Atualizado: 24/08/2011 21:12
 Re: só - Para Gabrielas
A solidão já me foi vinho, e a degustei. A solidão já me foi cruel, e eu a sofri. A solidão já me foi um prato de comida, e eu recusei-a... Passei fome de solidão, até que ela voltou a ser vinho, e a degustei, agora com um pouco mais de experiência.




Gostei bastante, Gabrielas.


Um abraço em você.


Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 24/08/2011 21:20  Atualizado: 24/08/2011 21:20
Colaborador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 2699
 Re: só
proponho um brinde, em copos separados, obviamemte!

beijo




Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/08/2011 21:36  Atualizado: 24/08/2011 21:39
 Re: só
quiçá no vinho a viagem esperada, além. muito mais além do que as superficialidades de um simples adeus. sempre viajo assim... e nas suas palavras vi que realmente não estou só... (sem vírgula antes).rs

beijão e aquele abraço bem Carioca.

silveiradobrasil