https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

Porque me olham?!

 
Tags:  coragem    mal    milagre    caminhada    vez  
 
Open in new window






PORQUE ME OLHAM?!








Um pouco de tudo, um pouco de nada
Vou à frente, vou cansada.
Espero a vez...
Porque me olham? Ah sei... talvez!?
Porque nenhum de vós conhece a caminhada.
Cada dia é um milagre a acontecer
E o coração começa a apertar-se
Mas eu quero escrever, escrever...
Até sentir a morte a mim a chegar-se.

Vai longe o passo da partida
Aproxima-se o passo da chegada
Caminhei tão distraída!?
Que cheguei em menos de nada.

Trago comigo a dor da saudade
Mas enquanto escrevo sou imortal
Mesmo agora que já é tarde
Escrevo, escrevo e afasto o mal.
Escrevo, ignoro para quém
Escrevo palavras despretenciosas
Quem sabe não haja alguém!?
Que sinta nelas o odor das rosas.

Eu sei que vivo de ilusões
Mas trago ainda a coragem
Ao escrever, passam todas as aflições
E até esqueço que estou de passagem.
Esta escrita não me dá tréguas, tenho de escrever
Podeis até rir à vontade
Hei-de escrever até morrer
Depois? Depois podeis tudo rasgar!
Enquanto me der saudade
De tudo quanto amei e hei-de amar
Cantarei, até à loucura,
Tal é minha necessidade.
Desta doença sem cura.

rosafogo


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2044
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
50 pontos
18
0
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/09/2010 11:30  Atualizado: 21/09/2010 11:30
 Re: Porque me olham?!
Porque te olham?

Talvez pelo perfume de rosas que deixas
á tua passagem nos caminhos da saudade. Tu a poetisa que imortaliza este sentimento.

Um poema que adorei ler num momento de boa poesia.

Olharei sempre até que a luz desfaleça

Beijo azul

Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 21/09/2010 11:55  Atualizado: 21/09/2010 11:55
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3397
 Re: Porque me olham?!
E porque não consigo afastar-me muito das palavras, foge-me o olhar, de vez em quando, para as que por aqui se plantam... e estas tuas, Natália, fizeram-me parar, entrar, e ficar deleitada, a ouvi-las no silêncio da minha leitura...
Tens o dom dos rios, sabes, que levam as águas puras até ao mar imenso, fertilizando, sempre, sempre, as margens que beijam...

Beijo meu, então, de agradecimento...

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/09/2010 12:02  Atualizado: 21/09/2010 12:02
 Re: Porque me olham?!
um poeta no seu jardim
uma doença sem cura realmente
escrever ajuda sim

bjs
Ferreira

Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 21/09/2010 12:41  Atualizado: 21/09/2010 12:41
Colaborador
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2695
 Re: Porque me olham?!
Que esses teus momentos se eternizem e façam acontecer muitos outros, para que possa saber-te aí, em Amor pela vida

beijo

Dolores Marques

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/09/2010 14:04  Atualizado: 21/09/2010 14:04
 Re: Porque me olham?!
Belíssima e perfumada a tua poesia, Natália. Conheces bem a caminhada e és uma autora admirável.

Um beijo de leitora assídua.

Maria

Enviado por Tópico
anakosby
Publicado: 21/09/2010 14:09  Atualizado: 21/09/2010 14:09
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2010
Localidade: Torres
Mensagens: 1739
 Re: Porque me olham?!
É MEU!!!
é meu!!!

Adorei, adorei, sinto-me em cada verso, em cada estrofe, em cada fonema, mesmo naqueles que não foram escritos!

ADOREI!
PEGO PARA MIM!!!

BEIJO ENORME, FOI ÓTIMO LER-TE!!!
(é tão bom não sentir-mo-nos tão sozinhos às vezes!)
Um excelente dia para ti!

Enviado por Tópico
JBMendes
Publicado: 21/09/2010 15:13  Atualizado: 21/09/2010 15:13
Colaborador
Usuário desde: 13/02/2010
Localidade:
Mensagens: 5222
 Re: Porque me olham?!
Querida poeta Rosafogo _ Seu poema é antológico. Tem um jeito nostálgico que nos toca à sensibilidade e dói na nossa alma.
Nos entre-versos existe uma sensação indefinível
de intenso lirismo...
Parbens
JBMendes

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 21/09/2010 15:40  Atualizado: 21/09/2010 15:40
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7283
 Re: Porque me olham?!
Pouco a falar-te dessa tua bela obsessão pela escrita. Tua loucura é tão sadia, amiga... Que eu possa enlouquecer contigo, dessa tua nobre forma, pelas estradas dessa vida. Tocou-me de beleza!

bjs!!

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 21/09/2010 16:16  Atualizado: 21/09/2010 16:20
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Porque me olham?!Para todos os amigos
Quantas palavras belas me foram deixadas, enquanto houver amigos a vida não será um mar de gelo, e eu guardarei as vossas palavras como uma mãe guarda o filho no ventre e por mais que a vida me desfolhe, haverá sempre o sonho mesmo que trémulo de prosseguir convosco nesta caminhada.

Hoje sinto-me como uma arvore verde, frondosa, deixando penetrar em mim os raios de sol.

Um bem haja a todos, com um abraço enorme de amizade.

Enviado por Tópico
Akhenaton/Elias
Publicado: 21/09/2010 17:51  Atualizado: 22/09/2010 15:12
Colaborador
Usuário desde: 31/12/2009
Localidade: Porto Velho - Rondonia - Brasil
Mensagens: 1149
 Re: Porque me olham?!
Querida amiga,
poetisa Natália!

"...Como peregrinos na senda da vida nossa caminhada é árdua durante o trajeto que temos pela frente, muitas rosas já foram colhidas mas contudo alguma vezes tivemos também a ponta dos seus espinhos adentrando à Alma deixando profundas cicatrizes.

O caminho é longo e passaremos doravante por tudo isso novamente, assim como passamos outrora, alegrias, tristezas e saudades fazem parte de nossas vidas.

A vida é um eterno aprendizado, o importante é não desanimar, ter fé e perseverar que com certeza ao final sentiremos o perfume das rosas a nos impregnar o coração e na certeza de que como peregrinos continuaremos ultrapassando os desafios que se descortinam a nossa frente..."

Como sempre, sábias palavras!

"Que as rosas floresçam em vossa cruz"


Minha profunda admiração!



Abraços fraternos!!!

Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 21/09/2010 18:03  Atualizado: 21/09/2010 18:03
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: Porque me olham?!
Bendita doença que fez de ti poetisa.

Senti no teu poema o arome de um jardim
replecto de lindas flores.
Beijinhos amiga
Antonieta

Enviado por Tópico
JOSÉMANUELBRAZÃO
Publicado: 21/09/2010 18:20  Atualizado: 21/09/2010 18:20
Colaborador
Usuário desde: 02/11/2009
Localidade: Lisboa, PORTUGAL
Mensagens: 7775
 Re: Porque me olham?!
Um poema belíssimo Rosa!

Beijo carinhoso

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 21/09/2010 22:30  Atualizado: 21/09/2010 22:30
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Porque me olham?!
Espera... amiga, faltam as minhas palavras
que eu não sou daquelas com memória curta, que vão mudando conforme as marés.
Presente em tudo o que escreves desde o primeiro instante, e só porque aprecio, faço questão em comentar-te hajam ou não temporais no canal.
Deixa-me finalmente dizer-te que este poema eu aplaudo de pé!
Beijo, boa amiga Rosa.
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 21/09/2010 23:31  Atualizado: 21/09/2010 23:32
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Porque me olham?!
Voltei amiga.
Tive necessidade de apagar todos os favoritos
para ficar com algumas certezas. Tinho as minhas razões.
Este poema é seguramente favorito.
Tinha que o dizer a uma amiga especial como tu.
Beijo

Enviado por Tópico
PauloCésar
Publicado: 21/09/2010 23:35  Atualizado: 21/09/2010 23:35
Participativo
Usuário desde: 01/05/2008
Localidade: Torre da Marinha - Seixal
Mensagens: 40
 Re: Porque me olham?!
Querida Nat,

"...enquanto escrevo sou imortal!"

Dito assim é quase desafio!
Mas eu aposto nisso: sê imortal!

Repito aquilo que já disse algures: a tua escrita está cada vez mais adulta! E as tuas palavras são cada vez mais a repetência dum grito imortal, que sobreviverá para além de cada um de nós!

Estas são as palavras de um poeta! Vivas, pulsantes, autênticas, telúricas, radiosas! Naturais para quem ama, e sente, e vive, e recomeça a partir de si mesmo e de quanto lhe está ao redor!
Assombro que explode e pulveriza, em quem te lê, a estupefacção da alegria tal como ela é.

Sê imortal, Lapense! Escreve!
Com o coração, com a alma e com a tua sensibilidade de mulher que soube parir a vida, como cria a sonoridade e a luminosidade que extravasam das palavras.

Virei espreitar. Faz-me bem saber-te adulta!

Chi-coração!
PC

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 22/09/2010 01:42  Atualizado: 22/09/2010 01:42
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Porque me olham?!
E pra que cura? Uma doença perfeitamente saudavél e nós daqui agradecemos. Só morro se no céu tiver internet, papel e caneta, rs! Anda gosto do papel...
Mas a necessidade de te ler é maior! Belo poema com tua marca profunda. bjs

Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 22/09/2010 01:50  Atualizado: 22/09/2010 01:50
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: Porque me olham?!
Querida Amiga
Poetisa Natalia!

Tua poesia tem perfume das rosas e será imortal!
A saudade é uma constante na vida das pessoas, e sempre está presente em todos os momentos.
Vivemos de ilusões sim, mas assim como a esperança precisamos dela para continuarmos na nossa caminhada.
Poesia nostálgica mas muito bela.
Bjinhos
♫Carol

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 23/09/2010 13:31  Atualizado: 23/09/2010 13:32
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Porque me olham?!/atodos os poetas amigos
Obrigada a todos pela generosidade com que apreciaram a poesia me deixam a transbordar de alegria, um poeta cheio de felicidade é como me sinto, mais sinceramente uma aprendiz, mas feliz.
Não sou muito audaz na escrita, mas reconheço que ela tem sentimento, pode nem sempre ser perfeita mas é o meu modo de dizer, e então mais uma vez a minha gratidão.

Abraço