https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

Luz da inspiração!

 
Tags:  poesia    saudade    lua  
 
A Lua bordando o poente em prata
Cor dos sonhos que sonho em vão
Desperta os pardais, desperta a mata
Pós noites frias de cálido verão

Sua ausência derrama-se em cascata
Num vale incerto nominado solidão
E nesse coração que não é de lata
Dilata a mesma voz sem compaixão:

Saudade... Saudade... Saudade...
Persistente não cala, não fala, só mata
No regaço vazio, prístina verdade,
Voz do passado que ao presente arrebata

Nem mais identificar-te posso,
Como ao rumor de finda calmaria
Troa longínquo tudo o que foi nosso
Apagam-se me os sorrisos da fronte fria.

Descubro-me nada, alma vazia
Ausência do que tenho e do que falta
Identidade lá se vai mais que tardia
Procuro-te, oculta estrela, em noite alta.

Declina o sol e não te vais, te avivas;
Aviva-te banhada de lua, bela e nua
Nas lembranças que te são cativas
Herdade da poesia sempre sua

 
Autor
Manito
Autor
 
Texto
Data
Leituras
591
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 16/02/2011 22:17  Atualizado: 16/02/2011 22:17
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Luz da inspiração!
LINDO POEMA A UMA ESTRELA PEREGRINA,
LUZÍDIA NOS OLHOS DO POETA!
BJS

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/06/2017 18:16  Atualizado: 23/06/2017 18:16
 Re: Luz da inspiração!
são essas sempre as últimas a se apagar

bom poema