https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Ainda é o começo

 
Inicialmente tudo é estranho, é tudo devagar, tudo meio que incompleto, da medo na verdade.
Aos poucos vou aprendendo o que é certo e o que é errado, na verdade ainda não sei o que é o certo, porém o errado me interessa muito.
Ainda é o começo de nossas vidas, é o começo do amor, é o começo de cada dor a sentir, é o começo de saber amar e saber mentir.
Começamos como um nada, como um quase nada e ao terminarmos o quase nada nasce-se o ser que somos.
O estranho é o começo, pois me pergunto por que começa?
As respostas não atribuem a verdade, as respostas são apenas o começo da verdade ou da mentira que inventam sobre quem somos e pra onde vamos.


Verônica Cecília Lopes

 
Autor
Cecilialopes
 
Texto
Data
Leituras
851
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.