https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

o meu erro

 
esta noite ouvi um grito
um grito agudo e aflito
não sube o que fazer
apenas sentei e deixei tudo se esclarecer
pois ainda era noite , e tinha medo do que podia me aparecer
se corresse lá pra fora tinha certeza de que alguma coisa ruim iria acontecer
então apenas me deitei e esperei
de repende algo me tocava
algo me sufocava
parecendo tirar de min tudo aquilo que amava
o vulto que por cima de min se propagava
agora estava indo enbora e falava:
a divída agora esta paga
pois brincara com aquilo que não era para ser devendar
mexestes comigo e agora terar de pagar
tenha o seu coração roubado
e nas profundezas obscuras portanto terar de ficar,
agora minha alma vaga em algum lugar
pois sei que mechi com coisas erradas e tive que pagar
mas não descansarei até que minha alma fria e frágil
veja um dia o seu coração retornar
para todo o sempre voltar a amar

 
Autor
leojerus
Autor
 
Texto
Data
Leituras
362
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.