https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Dirlenvalder

 
o gênio que rechaçaste
bateu à minha porta
disse a ele que amanhã a noite
eu estarei dando aulas a monstros
com um sorriso de quem está louco para cair fora
porque em minha cama espera
uma coleção de clássicos que comprei
e numa festa me esperam inutilmente
porque a ela chegar eu não sei
e o gênio, a que no começo me referi
confirma vigiar-me nesta rotina e ri

foi assim que comecei, simplesmente



Úmero Card'Osso

 
Autor
umero
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2718
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Onde_está_o_@mor?
Publicado: 30/08/2013 19:41  Atualizado: 30/08/2013 19:41
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Funcheira
Mensagens: 690
 Re: Dirlenvalder
Olhe compadre tenho uma sobrinha de 20 e poucos anos que tambem é professora e anda sempre dizendo que os moços pequenos são uns monstrinhos que isto agora já nã á educação como antigamente. Boa sorte com eles amigo, que voce merece e escreve muito bem.
Abraço