https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Restos de Nada!!!

 
Um dia me senti por ti único, paixão eleita
Na voz de coração que nada diz, nada sabe!
Olhava-te a cada dia assim mais que perfeita,
Reuni inteiriços sonhos em tua imensidade!

Sonhos expostos com lúcida claridade!
Tua imagem sempre altiva me deleita.
Acordado me pesa sempre a saudade,
Corre a vida sem ti assim imperfeita!

Foste a única a quem abri meu mundo...
Aquela por quem senti amor profundo,
Deixei em teu regaço minha alma deitada.

Hoje abandonado carrego o peito fecundo
De uma dor no coração por ti plantada!
Enquanto de nosso amor já não resta nada!


Paulo Alves

 
Autor
PauloAlves
 
Texto
Data
Leituras
803
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
12
4
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Barbozza
Publicado: 16/12/2014 12:39  Atualizado: 16/12/2014 12:39
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2009
Localidade: Brasil - Alagoas
Mensagens: 1464
 Re: Restos de Nada!!!
BELO POEMA PauloAlves, SE O RESTO JÁ NÃO É BOM IMAGINE O RESTO DE NADA, MAS QUEM AMA SOFRE PELO BEM DE QUERER ESSA OUTRA PESSOA, ABRAÇO.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/12/2014 13:11  Atualizado: 16/12/2014 13:11
 Re: Restos de Nada!!!
Um belo soneto Italiano de boa sonoridade!


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 16/12/2014 13:40  Atualizado: 16/12/2014 13:40
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 10240
 Re: Restos de Nada!!!
Boa tarde Paulo, seus versos enredam um personagem vivendo as ressacas de uma reação amorosa já exaurida, parabéns pelo contundente soneto, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 16/12/2014 13:46  Atualizado: 16/12/2014 13:46
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5540
 Re: Restos de Nada!!!
cada dia nos presenteia com sonetos que cantam o amor e a dor, algo tão corriqueiro, mas que dentro de sua inspiração, chegam sempre vestidos com nova roupagem, diante da riqueza do seu vocabulário. parabéns e beijo.

Mary


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/12/2014 16:03  Atualizado: 16/12/2014 16:03
 Re: Restos de Nada!!!
Em pensamento eu penso que serei o resto,
Senão dos pródigos sonhos que semeei.
Sonhei um prado em extensão entre o brilho do céu
E o ermo do meu peito terreno e no suão vento-
Houvesse um bater de coração mais genuíno,

Suposto seria ter um pouco do meu…


Enviado por Tópico
Manufernandes
Publicado: 16/12/2014 18:10  Atualizado: 16/12/2014 18:10
Subscritor
Usuário desde: 09/12/2013
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3888
 Re: Restos de Nada!!!
O tipo de poema com o qual me identifico,
um poema triste que, por isso, é mais
profundo, como o amor nele retratado.
Muito bom, em tudo, composição, rima,...
Parabéns!