https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Te vi abalar banhada de lágrimas

 
Te vi abalar banhada de lágrimas
 
Olhos pingando dor no silêncio da tua ausência
Penso na tarde em que te vi partir,
Lembranças prenhas de mágoa e do sentir
Que deixam meu coração em vil turbulência

O tempo passa e como se fosse ontem
Que te vi abalar banhada de lágrimas,
Corações choram inundados de lástimas
Porém, o destino impera e mantém

Primaveras sucedem longos invernos
Campos floridos enchem-se de vitalidades
Tua ausência me mata de saudades

Teu regresso supera todos desejos
Que deste mundo eu possa ter
Pois, o afluir de corações advoga o bem-querer

Adelino Gomes-nahca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
726
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
11
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/04/2015 01:07  Atualizado: 16/04/2015 01:07
 Re: Te vi abalar banhada de lágrimas
existem momentos que de tão tristes parecem pequenas mortes em vida
pois o desgosto causa dores quase incuráveis de cicatrizes.

muito sentido sua poesia Poeta Adelino,achei bacana
ler vc mais uma vez obrigadissimo viu?

boa noite

ઇઉeusouvc


Enviado por Tópico
kripy
Publicado: 16/04/2015 08:33  Atualizado: 16/04/2015 08:33
Colaborador
Usuário desde: 26/05/2010
Localidade:
Mensagens: 3001
 Re: Te vi abalar banhada de lágrimas
amigo Upanhaca a ausência ás vezes se assemelha a uma morte,as saudades a uma oração e o regresso a uma ressurreição..gostei muito mesmo deste seu poema,um abraço,Kripy.


Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 16/04/2015 11:10  Atualizado: 16/04/2015 11:10
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3962
 Re: Te vi abalar banhada de lágrimas
Que lindo!
Este misto de tristeza e saudade deixaram teu poema com uma beleza ímpar, eu adorei!
Levo comigo
Um beijinho, poeta!


*-*


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 16/04/2015 13:43  Atualizado: 16/04/2015 13:43
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9329
 Re: Te vi abalar banhada de lágrimas
Bom dia Adelino, teus versos enredam a vida como ela é, permeada por virtudes, e desalentos, parabéns pelo redundante poema, um abraço.

MJ.


Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 16/04/2015 15:17  Atualizado: 16/04/2015 15:17
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6567
 Re: Te vi abalar banhada de lágrimas P/dedinho vermelho
Dedinho vermelho, obrigado pela leitura e vá ao inferno arder no vermelhão do teu dedinho diabólico pra que o bem-haja nesta casa conjunta.

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 16/04/2015 15:54  Atualizado: 16/04/2015 15:54
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Te vi abalar banhada de lágrimas P/Upanhaca
Amigo o seu poema é muito bonito e sentido, mas espero que seja só inspiração, que triste.
Abraço de conforto ou alegre... Vólena