https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

VINGANÇA

 
VINGANÇA
Autor: Carlos Henrique Rangel

Eterno me farei
Te amando assim.
Sim...
Se essa for
A possibilidade possível.
A insignificância de tudo que fui
Nada mais será...
Toda a dor transborda nos lamentos corroídos das palavras
Sangrará nas folhas amareladas do futuro...
A eternidade possível.
O amante destruído vencendo o tempo em lágrimas congeladas.
Sim...
Me farei eterno
Te amando
Te maldizendo com ingrata fria e insensata.

 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
242
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 06/05/2015 13:11  Atualizado: 06/05/2015 13:11
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9352
 Re: VINGANÇA
Bom dia poeta, as relações afetivas amorosas possuem o poder de nos fazer transitar entre o céu e o inferno regidos por uma mesma força, os desejos, parabéns pelos redundantes versos, um abraço, MJ.