Crónicas : 

Música ao longe

 

No calor da noite, ouço a música ao longe, daqueles que coleiam a vida, que a margeiam, pegando na mão, de passagem, um pouco de sua liquidez.
Detêm inocentes, o segredo de viver: o não aprofundar-se, não mergulhar nessa corrente rápida ou estagnada.
Tê-la entre os dedos, sem pretensão nenhuma que sentir em sua liquidez banal, o imortal que dá forma a esse transitório. Do momento esvaído em si mesmo diante de nós. E mais nada.
Ouço a cantora pedir licença, conversar um pouco e retornar ás canções demandadas pelos semideuses da banalidade heroica.


andrealbuquerque

 
Autor
andrealbuquerque
 
Texto
Data
Leituras
3175
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
8
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/06/2015 15:47  Atualizado: 18/06/2015 15:47
 Re: Música ao longe
olá, André. parabéns pelo texto. um abraço


Enviado por Tópico
Onde_está_o_@mor?
Publicado: 18/06/2015 20:06  Atualizado: 18/06/2015 20:06
Membro de honra
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Funcheira
Mensagens: 738
 Re: Música ao longe
Á gente que nã tem respeto pelos outros e metem a musica tao alto que ninguem dorme. abraço


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/06/2015 10:40  Atualizado: 19/06/2015 10:40
 Re: Música ao longe
Olá André,

A música sempre foi uma delicada chave que abre as portas do coração e da mente... sentir e pensar a realidade que nos envolve... os deuses se foram , hoje só semideuses nesta dimensão.

Gostei muito, meus parabéns!

um abraço,

Alice


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 20/06/2015 03:18  Atualizado: 20/06/2015 03:18
Membro de honra
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 18440
 Re: Música ao longe
a música é para sempre. não duramos mais que uns momentos. perfeito. bjs André e obrigada