https://www.poetris.com/
 
Crónicas : 

EMPATIA

 
Open in new window

Imagem do Google

EMPATIA

São muitas as vezes em que julgamos o outro, falamos demais,pensamos demais, porém, fazemos bem pouco por ele.
É preciso refletir a respeito dessa questão.Pois quase tudo que sabemos foi por intermédio de alguém.É necessário admitir que sem o outro tudo se tornaria sem sentido, pouco aprenderíamos, inclusive nosso caminhar seria mais triste, mais solitário.
Necessário se faz que aprendamos a olhar o mundo, principalmente,que limpemos nossas vidraças, removendo toda poeira que impede que vejamos o outro como alguém como nós, capaz de passar inúmeras dores. É muito importante que cultivemos em nós a solidariedade, que ao primeiro sinal de julgamento, estiremos as mãos em sinal de empatia.É importante que aprendamos a acolher sem recriminar, que ajudemos sem cobrar, que escutemos sem julgar.
Todos nós estamos sujeitos a diferentes dores, que nos levam a reagir conforme nosso grau de entendimento, nosso psicológico, e outras situações.Dessa forma, cada um reage a sua maneira. Podemos avaliar a dor do outro, mas jamais senti-la.Por isso a questão do respeito ao outro. Do não julgamento, da escuta, da empatia.
É de fundamental importância que aprendamos a olhar a nossa volta, que sejamos instrumentos do bem, que não nos fechemos em conchas. A melhor forma de servir é fora de nossa concha, e é justamente nesses momentos que aprendemos mais.
Tratemos bem as pessoas, sejamos solidários mesmo quando nosso emocional nos dizer o contrário.
Aprendamos a calar diante do barulho, e a respeitar o silêncio alheio.Pensemos que até o silêncio é um grande mestre .
Os companheiros mais calados também nos proporcionam inúmeras lições.
Aprendamos, se não podemos sentir a dor do calo do outro, que não o julguemos . É impossível sentir a dor do outro, mas é possível ajudá-lo a caminhar.Ninguém é tão pobre que não possa doar um sorriso ou um abraço a alguém. Pensemos nisso .
Lucineide


A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.





 
Autor
Lucineide
 
Texto
Data
Leituras
267
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
4
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 27/03/2016 22:54  Atualizado: 27/03/2016 22:54
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15068
 Re: EMPATIA
Texto para ler, reler e aprender e aprender e aprender. Parabéns pela serenidade num momento em que as pessoas estão com os ódios acirrados. Abraços!


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 31/03/2016 12:11  Atualizado: 31/03/2016 12:11
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12396
 Re: EMPATIA P/Lucineide
Um texto ponderado, sentido, para acordar sentimentos e lembrar que basta um pequeno gesto para fazer outro ser feliz . Muito bonito!
Beijinhos Vólena