https://www.poetris.com/
Sonetos : 

VERSUS

 
Tags:  SONETOS 2009  
 
VERSUS

Este muito diverso ser humano,
Andando tão disperso pelo mundo,
Já aceita o Universo moribundo,
Sem ser sequer um terço de seu plano...

Vê o bem converso em desengano
Torná-lo seu reverso n’um segundo.
Oculta em prosa e verso o mais profundo,
Como se desde o berço assim mundano.

No momento adverso, ele se altera
E feito outro (um perverso!) mais se admira
Do modo controverso que o fizera.

Mas já de todo imerso ao que conspira,
É da medalha o anverso o que se vira:
Ser o inverso do inverso do que era.

Belo Horizonte – 29 09 2009


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
189
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.