https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Suavemente

 
Open in new window


Imagem Google

Qualquer límpida e suave esperança
tem força de um fio de atrevimento;
Pura, suave e esbelta confiança,
Baila suave o devaneio atento.

Eco do alce na pura a tocar,
Suave o ver jamais sabe admitir
Nas danças suaves a provocar
tão suave para o espanto cair.

Claro, mar pensado na distância
para a suave ou grosseira aparência,
Palita os dentes a inteligência.

Ainda se sonha irrealidade,
Tenuemente se olha atentamente,
Difícil é a dor de olhar, verdade!


Ana Carina Osório Relvas/A.C.O.R


A felicidade são pequenos sorrisos de determinados momentos
Ana Carina Osório Relvas/acor

https://acor13.blogspot.com/



 
Autor
A.C.O.R
Autor
 
Texto
Data
Leituras
689
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
2
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/12/2016 13:25  Atualizado: 15/12/2016 13:25
 Re: Suavemente
Muito suave
Bj