https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Caminhos: Cheiros de Brumas, ão Por do Sol.

 
Tags:  felicidade    sol        por  
 
[i]Open in new window



Coração flamejante,
enquanto o vento beijava a face.

Senti a vida e meu ser,
livre, como borboletas.

Despertando em cores,
como fortes e formes
pinceladas.

Era como um quadro
pintado, no deserto
onde a tela, era meu coração.

O sol quente,
a chuva que caia
lembrava um arrebol.

Concentração,
entrando em minha iris
aquelas cores azul mar.

Foi como a vida nua,
em terras verdes, de águas verdes
lembrei o tempo com você
___A banhar-se no rio perene.

___Na volta, a despedida
de saber que não retornarei,
apenas nos sonhos que ficarão
refletido no sempre.

___Ultima olhada.
a comtemplação aconteçe sempre,
quando damos uma olhada na verdade!

20.02.217

Open in new window

 
Autor
lsterreza
Autor
 
Texto
Data
Leituras
327
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 21/02/2017 21:00  Atualizado: 21/02/2017 21:00
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: Caminhos: Cheiros de Brumas, ão Por do Sol.
Olhos que se aprofundam em olhares onde os sentido se direcionam ao infinito