https://www.poetris.com/
Poemas : 

O Tombo Da Noite

 
Tombada a noite em sombra fulva e feia,
Partida a lua e toda a luz findada,
Parece a mão da fuga, meia parda,
Que toca a dúbia mão que um ar semeia.

Em mim o céu sombrio conta estrelas;
Os restos são, talvez, de luzes dadas
Trazendo as minhas tristes vistas, lágrimas:
Pensar de nunca mais voltar a vê-la.


Em fontes jorram meu tristonho pranto
(Os filhos frios. Ria enquanto eu ria)
Que quero que essa noite dure tanto
Que nunca, nunca mais desponte o dia!

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
112
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
21 pontos
9
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 08/08/2017 02:19  Atualizado: 08/08/2017 02:19
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8029
 Re: O Tombo Da Noite/ Para Gyl
Uma das mais belas poesias que já li, Gyl, meu querido poeta!
A sonoridade, o compasso, são perfeitos, e uma delícia de ler. E as rimas, então!

"Que quero que essa noite dure tanto
Que nunca, nunca mais desponte o dia!


Eita coração!
Vê só que paradoxo a poesia apresenta: beleza na melancolia!

Mil parabéns!
Beijos de paixão!


Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 08/08/2017 05:32  Atualizado: 08/08/2017 05:33
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1279
 Re: O Tombo Da Noite
Gosto imenso da última estrofe. Tem todos os ingredientes do romantismo clássico. Várias figuras de estilo em tão poucos versos e vai-se estabelecendo em todo o poema essa antítese, de primeiro repudiar algo que, depois, já não se quer que acabe.
Caiu mesmo bem.
Obrigado irmão de letras


Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 08/08/2017 10:17  Atualizado: 09/08/2017 18:34
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Setúbal, Portugal, Azeitão
Mensagens: 554
 O tombo
Open in new window


Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 08/08/2017 13:18  Atualizado: 08/08/2017 13:18
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 4567
 Re: O Tombo Da Noite
A noite ora traz alegria, ora traz tristeza e se trazer alegria nunca queremos que ela finde.

Belo poema! Adorei.

Abraço!
upanhaca

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 09/08/2017 21:54  Atualizado: 16/08/2017 21:33
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Setúbal, Portugal, Azeitão
Mensagens: 554
 Re: O Tombo Da Noite


Quero que nunca mais desponte o dia
Em lugar nenhum do mundo pra que eu
Durma desperto dividido entre o que conheço
E o que lembro e o sonho intimo, profundo,

Divino de ser tudo quanto a minha vista
Reconhece como tudo que existe, tudo quanto
Há e em mim mora, pois de Deus não sei nada
Pois quero que nunca mais desponte o dia

Enquanto eu viro o outro mundo à procura
Da cura pra este de que se esqueceu um deus
Pouco divino

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 16/08/2017 21:10  Atualizado: 16/08/2017 21:10
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 26432
 Re: O Tombo Da Noite
Muitas vezes somos nos que tombamos nas noites onde a dor do amor é interrompida pela a bebida, que nessa hora é a nossa fiel amiga