https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

BODAS DE CIANURETO

 
Tags:  SONETOS 2018  
 
BODAS DE CIANURETO

Romântico a meu modo, não me oponho
A morrer de mãos dadas, eu contigo.
Bebamos outra dose de perigo,
Baforando tragadas d'algum sonho.

Pego-me a te admirar assim tristonho
Como se eu fosse um íntimo inimigo
Capaz de te acolher no mesmo abrigo
Onde oculto em meu ser o mais bisonho:

-- "Que preferes, champanha ou cianureto?"
À maneira do músico eu te poeto,
Fazendo graça com nossa tristeza.

No mais, comemoremos estas bodas
'Pós-excessos das mais bizarras fodas,
Mareados sob um céu azul turquesa.

Betim - 22 11 2018


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
234
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
6
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 22/11/2018 23:11  Atualizado: 22/11/2018 23:11
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16305
 Re: BODAS DE CIANURETO
Ricardo
Forte! Gostei imensamente!
Abraço!
Janna


Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 23/11/2018 11:10  Atualizado: 23/11/2018 11:10
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1401
 Re: BODAS DE CIANURETO
Gostei do poema, como tudo que escreve.
Até casamentos longos, tem seus dias que não há nada para se comemorar. E o brinde melhor seria o cianureto. Uma visão muito clara de um situação.
Abraço carinhoso.


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 23/11/2018 11:33  Atualizado: 23/11/2018 11:33
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: BODAS DE CIANURETO P/RicardoC
Conseguiu, de romântico não tem nada... o amor fogoso talvez se apague um pouco, mas a amizade profunda, em que dois são um só, existe sim, pode crer. Apreciei o seu belo poema e deixo um abraço Vó