https://www.poetris.com/
Sonetos : 

ALTITUDE

 
Tags:  SONETOS 2019  
 
ALTITUDE

Campos ferruginosos dão florzinha
Na hematita que aflora nos rochedos.
Os poentes nas alturas, tão mais ledos,
Me chamam ao mirante de tardinha.

Enquanto por abismos se caminha,
O sol dourando tudo em desenredos
Me leva entre mistérios e segredos
Ao topo d'onde o céu mais se avizinha.

Longe, a imensa metrópole mineira
Se oferece silente quase inteira
A olhos enternecidos da hora audaz.

Eu paro contemplando a claridade
Que queda a abençoar minha cidade
E vejo anoitecer o dia em paz.

Brumadinho - 11 01 2019


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
106
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
5
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Leohuntr
Publicado: 12/01/2019 14:47  Atualizado: 12/01/2019 18:43
Muito Participativo
Usuário desde: 21/11/2018
Localidade:
Mensagens: 57
 Re: ALTITUDE
Amo estender meu olhar aos campos de Hortênsias.
É sempre um prazer ver, ler e admirar o
seu carreiro de letras.
Parabéns!


Enviado por Tópico
ZESILVEIRADOBRASIL
Publicado: 13/01/2019 12:28  Atualizado: 13/01/2019 12:28
Membro de honra
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 112
 Re: ALTITUDE
lendo, fez-me seu soneto, lembrar duma letra que compus para meu amigo e parceiro musical anos atrás, o Frederico Salvo, de Belo Horizonte, cujos versos finais faz alusão aos montes das gerais. sou citadino, no entanto, com raízes interioranas, dest`arte; essas imagens me causam paz. muito bom te ler.

aquele abraço caRIOca