https://www.poetris.com/
Poemas : 

HUMANO

 
HUMANO:

Humano, demasiadamente humano...
Frágil como todo humano...
Feio, torto, desumano
como todo humano...
A contradição elevada a última potência... (Proteus).

 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
167
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.