https://www.poetris.com/
Poemas : 

A preto e branco

 






Consumimo-nos num abismo onde
desenhamos frases de arrependimento. E
tecemos histórias de absolvição

amarramos a luz ao abandono
porque não soubemos chegar a tempo
de ver a amargura das cinzas.

E os degraus a descerem
já sem corpo
já sem rosto

e nós retratos a preto e branco
escondemos as vozes
num jogo de sombras a desdizerem
a solidão dos dias.









 
Autor
maria.ana
Autor
 
Texto
Data
Leituras
160
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
4
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Valdevinoxis
Publicado: 10/08/2022 10:01  Atualizado: 10/08/2022 10:01
Colaborador
Usuário desde: 27/10/2006
Localidade: Aguiar, Viana do Alentejo
Mensagens: 2057
 Re: A preto e branco
É um texto com uma beleza intrínseca. A envolvência é mais cinzenta, quase desesperada, do que a preto e branco.
O texto leva-nos quase para o campo da morte (em certo sentido será) mas deixa que se leia de forma diferente conforme o leitor que o faz.

Enviado por Tópico
Abissal
Publicado: 11/08/2022 20:16  Atualizado: 11/08/2022 20:16
Da casa!
Usuário desde: 27/10/2021
Localidade:
Mensagens: 315
 Re: A preto e branco
li e reli como sempre, "Jogo de Sombras" um titulo bom para um livro a preto e branco. Fica a ideia.

Abraço