https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Offline
lpaulo
Amar em Silêncio
… Sentei-me a descansar um pouco onde nos sentávamos meu amor. Sim, eu sei que prometi não voltar...
Enviado por lpaulo
em 25/07/2014 17:22:18
Offline
lpaulo
Um Novo Natal
Havia despertado cedo. A noite tinha sido inquieta e o sono agitado. Acordara cansado, possuía o...
Enviado por lpaulo
em 19/12/2013 23:15:58
Offline
lpaulo
Saudades
Hoje, vou descansar as saudades fora de mim... Não quero pensar em nada. Luís Paulo
Enviado por lpaulo
em 08/11/2013 12:08:24
Offline
lpaulo
A voz do Silêncio
É neste silêncio que ouço a tua voz, Sussurro cálido que chega do frio escuro do meu quarto e inv...
Enviado por lpaulo
em 04/11/2013 12:45:33
Offline
lpaulo
Éden
O teu olhar, reflete o jardim do éden Importas dos montes um aroma selvagem Teu corpo nu, sinu...
Enviado por lpaulo
em 11/08/2013 02:13:06
Offline
lpaulo
O teu amor
Olhas-me com olhos de ternura, e roças-me de gestos sensuais, Teus lábios têm um gosto felino, De...
Enviado por lpaulo
em 20/06/2013 00:24:50
Offline
lpaulo
Quero-te
Estou aqui sentado, Ouço o crepitar da lareira e penso em ti, naquelas chamas procuro os olhos qu...
Enviado por lpaulo
em 03/06/2013 23:47:36
Offline
lpaulo
A nume do luar
A noite tocava a hora do pousio. As searas dormiam… enroscadas… ora viravam para a direita, ora ...
Enviado por lpaulo
em 01/03/2013 06:34:31
Offline
lpaulo
A promessa
Entardecia, Olhavas-me de sorriso aberto… exausta, suada, o corpo nu espalhado na cama, de peito ...
Enviado por lpaulo
em 08/02/2013 16:29:35
Offline
lpaulo
Filhos do infortúnio
Filhos do infortúnio Vivo em sonhos, como quimeras abstratas e inalcançáveis Os dias correm, ev...
Enviado por lpaulo
em 08/01/2013 18:07:20
Offline
lpaulo
Um dia de outono
Há dias assim, Amanhecemos tristes, amargurados, sem base aparente, procuramos um motivo, o porq...
Enviado por lpaulo
em 28/12/2012 17:48:10
Offline
lpaulo
Efemeridades
Principiava as primeiras horas do dia, daquele mês de maio, As andorinhas madrugadoras, adejavam...
Enviado por lpaulo
em 23/12/2012 19:55:59
Offline
lpaulo
Não acredites meu amor
Vejo teu rosto preocupado. O olhar ausente, A tua boca de mel e sorriso suave Está triste Sinto-...
Enviado por lpaulo
em 12/12/2012 23:03:24
Offline
lpaulo
Palavras Retidas
Olho os teus olhos, Avassala-me o azul do teu olhar Fico preso, acorrentado E as palavras n...
Enviado por lpaulo
em 10/12/2012 03:13:50
Offline
lpaulo
Melancolia
A tarde ia avançada, Envelhecia O Sol, Decidido que havia brindado o dia, deitava-se agora no c...
Enviado por lpaulo
em 03/12/2012 00:27:38
Offline
lpaulo
És Rosa
És rosa Tu és rosa, És poema, Poema, D`um poeta maior Esboçada em alegria, Tracejada com muit...
Enviado por lpaulo
em 16/11/2012 21:57:48
Offline
lpaulo
Natal
Aí está mais um natal, A época é de frio… em alguns lugares a neve dá um nardo especial á quadra…...
Enviado por lpaulo
em 13/12/2011 00:53:00
Offline
lpaulo
O livro
Era sábado, A tarde findava, Escoltadas por um vento de leste, nuvens azul ferrete, iam conquista...
Enviado por lpaulo
em 19/11/2011 01:18:58
Offline
lpaulo
Vidas num rascunho
Não! Não me digas as juras que não quero ouvir Não fales as palavras que me fazem colidir Com mo...
Enviado por lpaulo
em 09/11/2011 14:44:24
Offline
lpaulo
Os canibais
Fantasiados de boas criaturas. --- Bons humanos… alguns lutam activamente num desespero animal, p...
Enviado por lpaulo
em 08/11/2011 14:31:02
(1) 2 »