https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Fantasia : 

Resposta de D. Juan ao soneto Sombra de D. Juan

 
Ó quanto eu gostaria de saber
Se tu eras dona Ana ou dona Elvira,
Até mesmo Zerlina, se eu te vira,
Qualquer mulher, tu sabes, podes ser,

Desde que sejas mulher a valer.
Sou D. Juan Tenório, sabes? Mira!
Aquele que das mulheres a honra tira
E a que a todas de amores faz sofrer.

Vem perder-te nas ruas de Sevilha,
Ser mais uma das vítimas da lista,
Deixa tirar do peito a mantilha.

Ficarás livre assim no Céu eterno;
E, quando já mais amor não exista,
Eu descerei feliz até ao Inferno.

 
Autor
maduro
Autor
 
Texto
Data
Leituras
693
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 02/03/2008 19:32  Atualizado: 02/03/2008 19:32
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Resposta de D. Juan ao soneto Sombra de D. Juan
Bela resposta ao soneto Sombras de D Juan, que surgiu dum poema de Álvares de Azevedo, e que te aconselho ler e se deliciar com a mais pura arte romântica. Um abraço e muito feliz com sua interação. Ledalge

Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 02/03/2008 20:07  Atualizado: 02/03/2008 20:07
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3541
 Re: Resposta de D. Juan ao soneto Sombra de D. Juan
Interesante! li o poema da Ledalge e gostei bastante e agora leio a resposta "abusada" do D. Juan! rs...
vamos ver o que a moça irá responder a essa ousada sedução!

abraço carinhoso.

Maria