https://www.poetris.com/
Poemas : 

Encontro

 
Bela de espírito e de olhares
Que furtivos são e adocicados
São mananciais dos meus pecados
Ilha rodeada por todos os mares.

Penso em ti e nas formosuras
Das tuas configurações curvilíneas
Do palácio de temperaturas ígneas
Das belezas em transparentes alvuras.

Anseio pela pálida tez, pelo conforto
Dos momentos mais em duplos sentidos
Ensejo teu leito de perfumoso porto
Nau dos meus desejos e sensuais libidos.

Não derrames pranto para que lágrimas
Não desfigurem a beleza de tuas feições.
Não deixes que as horrendas lástimas
Desconfigurem as honrosas orações.

Um raio de luz beija o chão do horizonte.
Uma nesga de esperança busca confronto.
Quando o Sol nascer por detrás do monte
O meu espírito rumará ao teu de... Encontro.


Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
101
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.