https://www.poetris.com/
Sonetos : 

SE ME AMAS O QUANTO ANUNCIAS.

 


Se me amas o quanto anuncias estou feito,
O que sei é que te amo muito mais ainda,
Quando penso em colocar muitas suspeitas,
Eu descubro que te amar é a minha sina.

Meu amor se pós a prova em teus braços,
Nunca mais eu pude ter ou amar a outra,
Quando sonho com ninfetas é um fracasso,
Acordar sempre ao meu lado e um colosso.

Sem você o meu amor seria um destroço,
Não caberia nas ironias deste meu peito,
Contigo ele é pleno e sempre satisfeito.

Meu epitáfio terá teu nome encabeçando.
Uma estória onde o amor findou no túmulo.
Quando em vida nos completamos sem ciúmes.

Meu canal You tube
https://youtu.be/2SSCaXc5fAM



Boa tarde Luamor, parabéns pelos vossos instigantes versos que incitaram a minha poesia, neste pacato soneto interativo. Um abraço, MJ.

Enviado por Miguel Jacó em 19/01/2021
Código do texto: T7163467
Classificação de conteúdo: seguro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
104
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 19/01/2021 19:36  Atualizado: 19/01/2021 19:36
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 4353
 Re: SE ME AMAS O QUANTO ANUNCIAS.


O amor é para sempre nem mesmo
a morte os separa, neste poético sentimento.

um abraço poeta Miguel Jacó