Haikais : 

presença

 
Tags:  abramovic  
 
.
na mesa vazia
pousas a pétala rosa
natureza viva
.
vejo o nosso choro
protejo-o com os meus dedos
espinhos à volta

 
Autor
Benjamin Pó
 
Texto
Data
Leituras
321
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
46 pontos
6
4
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Egéria
Publicado: 24/05/2024 12:55  Atualizado: 24/05/2024 12:55
Usuário desde: 28/09/2009
Localidade:
Mensagens: 923
 Re: presença
Olá,
fabuloso, poucas palavras mas com conteúdo.
Abraço


Enviado por Tópico
Beatrix
Publicado: 24/05/2024 13:52  Atualizado: 24/05/2024 13:52
Muito Participativo
Usuário desde: 23/05/2024
Localidade:
Mensagens: 75
 Re: presença / Benjamin Pó
Olá.

Seis linhas tão densas!

A mesa vazia justifica todos os outros versos. Quem a esvaziou? Porquê? Para que se pudesse pousar uma pétala? Ou pousa-se a pétala ali precisamente porque a mesa já está vazia?
É apenas 1 pétala - "a pétala".
Rosa: por isso, natureza viva; por isso, os espinhos.

E vê o vosso choro. De novo, é porque a mesa está vazia?
Protegido com os seus dedos, o choro - porque se protege um choro? Esconde-se, guarda-se, vive-se em conjunto talvez.
Não. A proteção é para os espinhos que volteiam por ali. A rosa. Lágrimas livres, à solta, disponíveis para a natureza; viva mas que pica, espicaça, obriga a abrigo.
Ou talvez um pretexto para a aproximação. Porque o choro é para afugentar, não para estimar ou mimar. Tem algum significado que mereça esse protetorado da lágrima?

Os seus dedos são o que protege o choro de dois? suponho...
Que fazem de armadura, de muralha ao ataque daquela mesma natureza.

Talvez porque a mesa estava já vazia, se usa agora a tão frágil pele e carne humana para proteção contra apenas 1 pétala rosa e seus espinhos. .

Quantos espinhos poderá ter apenas 1 pétala?
A pétala?
É esta a pétala que desencadeia o segundo terceto, segundo haikai (para mim, é apenas um, mas...).

E podia continuar. Mas alongo-me já. Queria só referir que o vazio e a presença do título (natureza viva?) põem-nos também a pensar.

Fabuloso!
Parabéns, Benjamin Pó.

Beatrix


Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 26/05/2024 02:20  Atualizado: 26/05/2024 02:20
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5779
 Re: presença ao Benjamin Pó
Linda performance em Haikai

"The artist is present"

Extraordinário, Benjamin, colocar um evento tão lindo nessas poucas linhas... É mágica.

Bjo