https://www.poetris.com/

 
« 1 (2) 3 »
Offline
rody
Irrelevância
Lágrima errante que recobre minhas faces. Molha-me o peito, não alivia a dor em desatino. Força-m...
Enviado por rody
em 31/08/2009 00:03:33
Offline
rody
Carta 22: Rencontre aux foncées
Na biblioteca, onde o amor se fez em toda a sua plenitude. Faz algum tempo que cá estou às escur...
Enviado por rody
em 30/08/2009 15:32:48
Offline
rody
Carta 20
Aos pés de nosso Jacarandá, a profetizar o futuro, a contar-te essas coisas de dentro. Ma Jolie,...
Enviado por rody
em 29/08/2009 22:35:36
Offline
rody
Carta 18
Aos pés do nosso Jacarandá, a espreitar-te furtivamente Ma Jolie, Poderia dizer-te agora, com o...
Enviado por rody
em 29/08/2009 15:54:57
Offline
rody
Só Lhe Dão Solidão
Solidão, solidão, que me toca agora. Não quero ver tuas faces, vá-te embora! Não lace meu peito, ...
Enviado por rody
em 29/08/2009 02:45:04
Offline
rody
Carta 16
Aos pés do nosso Jacarandá, momentos de lembranças, de um coração cheio de saudades. Ma Jolie, m...
Enviado por rody
em 29/08/2009 02:41:00
Offline
rody
Calibã
Uma mesa de bar. Uma garrafa de vodka sobre a mesa. Algumas rodelas de limão. Papéis presos por u...
Enviado por rody
em 28/08/2009 02:35:24
Offline
rody
Carta 14
Aos pés do nosso Jacarandá, neste minuto sofrível, de um tempo em que não posso te ter. Ma Jolie...
Enviado por rody
em 27/08/2009 21:26:44
Offline
rody
Carta 12
De um galho da macieira, a procurar-te por todos os lados. Ma Jolie, Vivo agora nos mais insano...
Enviado por rody
em 26/08/2009 22:53:11
Offline
rody
Carta 11
Do alto da macieira, a olhar-te desbravando as alvoradas. Ma intense Jolie, Já não mais tenho f...
Enviado por rody
em 26/08/2009 15:25:48
Offline
rody
Tempestade
Noite de chuva intensa, revoluta. O céu em nuvens densas distorcia as impurezas polutas do início...
Enviado por rody
em 25/08/2009 22:49:44
Offline
rody
Carta 9
Do alto da macieira, tantas vezes a te contemplar. Ma Délicate Jolie, Tuas palavras agora invad...
Enviado por rody
em 25/08/2009 19:27:02
Offline
rody
Onde a Pena Morre
Um sorriso perdido, frio, sem sentido. Um olhar cabisbaixo, sem brilho, destituído. Mãos pálidas,...
Enviado por rody
em 25/08/2009 12:03:06
Offline
rody
Carta 7
Do alto da macieira, no instante em que te vi para nunca mais te esquecer. Ma Plus Aimmée Jolie,...
Enviado por rody
em 24/08/2009 23:50:39
Offline
rody
Escapulário
Com esta desgarrada letra, venho dizer-te mais uma vez o que o meu coração não deseja calar. Digo...
Enviado por rody
em 24/08/2009 21:46:09
Offline
rody
À espera de uma resposta
A beleza da primavera já desabrochara por completo àquela tarde de setembro. Os raios de sol banh...
Enviado por rody
em 24/08/2009 18:22:49
Offline
rody
Eu, Tu e Neruda
Eu podia sentir a tua presença. Os teus passos. O teu perfume, queimando as minhas narinas. Quand...
Enviado por rody
em 24/08/2009 07:40:42
Offline
rody
Carta 5
Do alto da macieira, num instante qualquer, em um tempo qualquer. Ma Sucrerie Jolie, As linhas ...
Enviado por rody
em 24/08/2009 07:35:39
Offline
rody
Teu Colo
Hoje, eu quero colo. Quero recostar-me em teu peito, fechar os olhos, e, sentir que nada disso é ...
Enviado por rody
em 23/08/2009 23:19:08
Offline
rody
Esmerilhando o Amor em Paixão e Desejo
A tirania do frio não tinha lá o mesmo efeito. A mim, arrepiava-me o corpo, fazendo contrair os m...
Enviado por rody
em 23/08/2009 16:15:35
« 1 (2) 3 »