https://www.poetris.com/

GERMINAR

 
Meu coração é semente

Que no teu ser

Encontra perfeito solo

Finca raízes profundas

Bebe o veio úmido

Cria em mim doce seiva

Onde ao morno alvorecer

De rosadas manhãs

Broto flor, fresca

Para te fazer sorrir.
 
GERMINAR

Mesmo lugar

 
  Mesmo lugar
 
Me espere no mesmo
Lugar de combinado
Muito saudosa meu amado
Carinhos espalhados a esmo.

Não esqueça meu amor
Que tenho beijos guardados
Abraços em meus braços fechados
Em meus cabelos uma flor.

Perfume que exalam
Amor! Venha não esqueça
Enlouquecida a cabeça
O coração apunhalam.

Nereida

Poesia ao cair da tarde.
 
  Mesmo lugar

Despierta

 
Despierta
 
Cuando te despierte
Te besaré los ojos
Y te diré:buenos dias mi amor!
El dia está a nuestro gusto
Levantate! y saliremos por el campo
Con las manos juntas corriremos entre los arbolitos y las flores
El sol nos abrazará y nos besará
Depierta mi amor!
? Porque no despierta?

Nereida
https://novanereide.blogspot.com
 
Despierta

Dentro de um coração que bate

 
Dentro de um coração que bate, há sussurros inaudíveis, vontades enraizadas em sementes germinadas.

Dentro de um coração que bate, a ternura é uma casa voltada para o amor, tecendo com fios de pura seda o aconchego doce no regaço de um abraço vestido de confiança.

Dentro de um coração que bate, há um rosto aceso com memória nos segundos de todo o tempo na doação dos dias.

Dentro de um coração que bate, há um novo nascimento quando a sintonia aponta a rota à porta da harmonia.

Dentro de um coração que bate, o olhar pincela telas, o sorriso é uma aquarela dentro do pulsar da alma que se abre em flor.

Dento de um coração que bate há um rio que quer desaguar, exteriorizar- se e correr para outra margem.

Dentro de um coração que bate a inocência de um sorriso salta para dentro do peito que se abre, agasalhado por tão excelso amor.

Alice Vaz de Barros
 
Dentro de um coração que bate

Acordaram as flores

 
              Acordaram as flores
 
Acordo pela manhã.
Acordados estão os pássaros.
Observo de minha janela,
Um presente: Bom dia!

Acordaram as flores.
Um presente na manhã.
Sinto todos os odores,
Sinto que não estas aqui.

Por onde andas amor?
Indagações me afligem.
A alma sofre com essa dor,
Que chego a ter uma vertigem.
///
Despierto por la manãna
Despierto estan los pájaros
Me acerco a la ventana
Un saludo al dia

Se despeirtan las flores
Un regalo a mi desajuno
? Donde estas carinõ?
Asercate, te espero con mi amores

Nereida
 
              Acordaram as flores

O bilhete

 
    O bilhete
 
Meu despertar foi de surpresa
Não havia sol
Tempo encoberto , cinzento
Um bilhete sobre a mesa.

O que ele diria?
Bilhete de adeus, de amor?
À cima uma flor
O que importa ! jamais o leria.

Nereida
 
    O bilhete

Resquícios

 
Resquícios
 
Resquícios de um amor
Passageiro como o vento
Que soprou bem dentro
Do coração,e se foi como a flor,

Que despetalou e , chorou
Ao passar e deixar
Minha alma saudosa
Eu pergunto? porque passou

Por mim, Amor imenso
Como o oceano
Como a tempestade
Deixou no ar aroma de incenso.
Nereida
 
Resquícios

As Flores

 
Ontem, falei com ela, estava exausto escrevendo o livro sobre ela, sobre nós. Ficou tão contente que me emocionei!

O que senti foi tão grande, que hoje, logo no começo da manhã, estou escrevendo mais uma página dele!

Uma estória, quando escrevemos, não sabe o fim, vamos vivenciando cada folha escrita, e um castelo de sonhos, emoções e de vida, brota da ponta da caneta.

Todo dia gosto de colher uma flor em sua alma, e no final deste guardo-a no meu coração. Esta vai se juntando com outras que anteriormente colhi, e formo um ramalhete, a este chamo de seu nome, é a imagem viva que trago dela no coração!

Cada flor colhida, com o carinho e forma com que merecem, virará estórias, e no final terei escrito um livro sobre ela.

Sempre tive fascínio por flores. São delicadas como as mulheres, e guardam em si a beleza, e o mistério, ao vê-las desabrochar, e transformarem-se cada minuto em mais belas, mais cheirosas, mais coloridas, alegrando a cada dia que passa a minha existência.

Assim é ela!

Faço planos para o futuro, sonhamos juntos com um porvir que algumas vezes assusta!

O desencadeamento dos fatos ocorre temperado a uma forte pitada de emoção. A sensação que se tem é que minutos correm mais rapidamente, mas de forma intensa, principalmente os momentos a dois, parecem que estes momentos guardam em si a certeza da felicidade. Muitas vezes quando falo com ela tenho a noção que dialogo comigo mesmo, é tão parecida, as semelhanças são tentas...

Outro dia conversava com ela sobre isto, ela apenas sorriu! Aí com um olhar maroto que destilava alegria e ironia explicou-me que dentro de mim está o nome dela.

Não entendi; ao deitar, antes de dormir pensei: a razão não explica sempre a linguagem do coração!

E isto tudo são flores, e são delas que orno minha alma!
 
As Flores