Poemas, frases e mensagens sobre beleza

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares sobre beleza

Parabéns amiga

 
Parabéns amiga

Parabéns querida amiga
Obrigada por existires na minha vida
Parabéns pela tua beleza partilhada
Por tua imagem e juventude irradiadas
És vida, és alegria, és a esperança de cada dia
Pela alma sempre ardente dessa amizade
Pelas palavras que sempre tens para comigo
E nessa separação de um oceano inteiro
Onde as ondas te trazem até mim
Na brisa maritima que me susurra o teu sorriso
Nas bonitas nuvens que posso contemplar
Por gostares de mim e principalmente de ti
Gosto muito de ti assim
Linda na beleza da tua natural existência
És um caminho de Deus em aberto
E me concedeste a honra de ver esse caminho
Até ao teu coração eu sempre sigo
Para sentir essa alegria que me faz feliz e
Por tu fazeres parte de minha vida
Eu te desejo que sempre sejas feliz
Obrigada amiga querida
Obrigada Janna

Eureka/Maria
 
Parabéns amiga

A MULHER MAIS BONITA QUE EU JÁ VI

 
A MULHER MAIS BONITA QUE EU JÁ VI

Tu eras d'uma cor cravo/canela
Não eras?
Ou era eu que
Acabara de ler “Gabriela”?

Seja o poema do agora
Um retorno performático
Daquele verão entourido
de enganos...

Tua pele morena pintada
Molho melado de cor cereja
Que nem fruta brasileira é
Como não o é a pêra
Dos teus quadris
Que um Niemeyer
Arquitetou em arco

Nem são nativas as suculentas limas
Enormes, redondas, erradias
De teus plásticos seios
que embicavam ácidos...

Pois eras canela sim...
Tosta vermelha acesa
Deusa meridional dos infernos
Aos olhos de um quase monge
Recém-fugido da adolescência...

Tereza... Tereza com "z"...
Beleza atlante-tupiniquim
Como um sol deitando
No penhasco de Paraty
Olhado das ondas do barco...
 
A MULHER MAIS BONITA QUE EU JÁ VI

Colorindo o céu

 
Colorindo o céu
 
O povo de tudo reclama se faz calor
Está calor demais, se faz frio, está
Frio demais, se chove, chove demais
Tudo é demais, somente o amor do
Pai nunca será demais para todos nós

Por favor, para melhor leitura, clique no poema
 
Colorindo o céu

CRIAR BELEZA

 
CRIAR BELEZA

O drama
........é que
................o elã de criar beleza
........................ainda...........me irrompe
........................nem sei de......onde
........................................talvez
........dos confins da fímbria do....................azulego horizonte...

O dilema
........é que
................busco gerar...........delicadezas
................degustando............palavras
............................educadamente
...................sobre uma...............louça
.......................................de porcelana
.......................................inglesa

O problema
........é que
................pr’a mostrar um certo
................alinho,.........eu desalinho a
.....poesia visceral largando-a num canto meão
................................p’ ra escrever
................................mais bonitinho...

Estou certo
......por um lado
...............................e, decerto,
...............................errado
................d’ um ponto....de vista.........outro

[ Aquele poema
aqueles versos urgentes de peito aberto
andam, de poesia, a descoberto

O rumo certo (quem diria...)
quem daria seria a mão entreaberta
de flor agreste: a mente ideal do (ir)real poeta

Como anseio por essa palma lauta
de brotar palavras corretas digitadas
em incontroversas linhas tortas...

Contrariado, vou mais recomendado e mansueto
Que a deusa hipotenusa
Arriada no caralho do quadrado do cateto ]

Gê Muniz
 
CRIAR BELEZA

Desejo de um coração...

 
Desejo de um coração...
 
 
https://www.google.com.br
http://www.artmajeur.com/pt/art-gallery/carlos-v-pinto/164284
Pintura de Carlos V. Pinto

Quisera eu ser a nau
Em alto mar cheia de flores
Que acalmam as dores
Suturadas pelas mãos de Deus
Quisera eu ser a bonança
Que vem depois da tempestade
Ser a brisa da saudade cravada no peito
Num silêncio que grita tua ausência
Que se faz oceanos lapidados
Por lágrimas de diamantes
Provindas dos olhos tristes
Seguindo uma linha tênue
De paz e felicidade
Ainda que a tempestade
Me faça maremoto...
Me jogando contra o rochedo
E eu sem medo...
Consiga prosseguir...
No homem de desejo
Que habita em ti
Em em barquinho de papel
Navegas no teu além mar...

Ray Nascimento
 
Desejo de um coração...

AMOR SEM FIM

 
Deixa falar o Mundo
E olha no mais profundo
Deste meu teu coração.
Nele encontrarás o amor
E sem te fazer um favor
Ele não te sabe dizer não.

Podes pedir o que quiseres
Até dentro dele viveres
E como feliz tu serás.
Lá ele te dará felicidade
O respeito e amizade
Aquilo que merecerás.

O amor quando é sincero
Nunca se ama em exagero
Mas com conta peso e medida.
É um sentimento sem igual
Por vezes é acidental
Também faz parte da vida.

Mas se o Mundo te disser
Que não se ama um qualquer
Então confia em mim.
Terás em mim a certeza
Que o meu amor tem beleza,
Tem principio meio, mas sem fim.

A. da fonseca
 
AMOR SEM FIM

Rende-te ao amor

 
Rende-te ao amor
 
Os raios de sol iluminam-te, dançando em teu redor
Tua face irradia uma beleza que invejaria os deuses
Todo o céu faz uma vénia e se arrasta a teus pés
Acariciando-te o rosto com subtileza e ternura

Sentas-te no teu púlpito de mar
Onde as ondas amansam banhando teus pés
Teus cantos de sereia nutrem as almas
Sedentas de amor, adormecendo … saciadas!

O próprio vento rende-se a ti
Sussurra-te ao ouvido palavras doces
Acariciando-te a alma com a sua brisa!

Apesar de venerada pelos elementos sentes tristeza
Sentes falta do amor (puro, verdadeiro e arrasador)
Rende-te a ele. Ali sentir-te-ás completa … e desejada!

João Salvador - 26/12/2012
 
Rende-te ao amor

Rosas belas

 
Lindo é o frescor da manhã
Que desabrocha as rosas mais belas
Que enfeitam as donzelas
Em suas pequenas cidadelas

Uma delas quer destaque entre elas
A cor não importa todas são belas
Mas ela queria mesmo ser rosa amarela
Parecendo entre as cores uma aquarela

Rosas nos roseiras que enfeitam
Jardins da velha estalagem aumentam
O feitiço do poder das rosas alimentam

Enquanto o amor não chega acariciam
As pétalas aveludadas de uma rosa ciam
Esperando viver os sonhos que gostariam
 
Rosas belas

HAIKAIS I

 
HAIKAIS I
 
HAIKAIS I

Flores no jardim,
margaridas belíssimas.
Lindo nascer do sol!
 
HAIKAIS I

Mulher

 
Na tela uma Arte
No corpo a Geografia
Na vida... História

Vã filosofia
Mera Psicologia
Talvez, psicografia

No estudo da vida:
Interdisciplinar
É o teu ser...
MULHER.

Jairo Cerqueira
 
Mulher

A tela perfeita

 
A tela perfeita
 
Meu sonho projecta-se no azul celeste
Meus olhos descansam nas ondas do mar
contemplando a aguarela de cores e formas
louvando ao Senhor o arco-íris no ar

Papoilas vermelhas, fogosas, dançando
rosas amarelas, saudosas de encanto
hortências azuis, acalmam-me a alma
lilases e lírios de tom anilado

Os campos de trigo de espigas douradas
animais pastando no verde dos prados
borboletas tolas impondo a beleza
ignorando o sentido da efemeridade

O pintor criou a tela perfeita
sente-se o seu traço por toda a parte
pena que passemos tão despercebidos
Vede! A natureza toda ela é arte.

Incorpora a Antologia "Poeta, Mostra a tua Cara"

Maria Fernanda Reis Esteves
48 anos
Natural: Setúbal
 
A tela perfeita

“Lados opostos” - Soneto

 
“Lados opostos” - Soneto
 
“Lados opostos” - Soneto

A soleira da janela é arrimo ao corpo cansado
Neblina no peito, condensada dor, e letargia
A beleza estonteante do horizonte alaranjado
Era só a evidência de mais uma noite de vigília

E num tempo que tem pressa, a noite se alonga
Trazendo na quietude a sensação de abandono
Do outro lado do vidro, quem a vida prolonga
Sorri, diz que desse lado, um anjo vela seu sono

Anjo... que queria o poder de minar toda dor
Cuja fé vacilante, hoje o faz impotente e vão
Camufla num sorriso o frio alojado no coração

Porque nem todo dia, a alma é leve, e tudo é flor
Nem todo dia se consegue flutuar como pluma
Nem todo dia o sol faz dissipar a densa bruma...

Glória Salles
01 dezembro 2008
00:02hr
Santa Casa de Adamantina -SP
 
“Lados opostos” - Soneto

A MULHER, É A MAIS BELA DAS FLORES

 
DIA DA MULHER

Acabei de fazer uma soneca
E venho levado da breca
Para começar a escrever.
Sobre o quê? sobre a mulher!
Dela não há nada a dizer.
Sim! Todos sabem que a mulher
É um símbolo de beleza
É um símbolo de amor
E também sabem com certeza
Que a vida nela é concebida.
É a mais bela das flores
Ela é orquídea, ela é rosa,
Quando esposa é um primor,
Como mãe é a mais querida,
Seu corpo é uma prosa
Uma enciclopédia da vida.
Festejá-la só num dia
Acho que é puro engano
Sabemos que ela merecia
Elogiá-la todo o ano.

A. da fonseca
 
A MULHER, É A MAIS BELA DAS FLORES

"Asas do meu Imaginário"

 
"Asas do meu Imaginário"
 
Hoje, não vou fazer o que me mandam!
Cansei de tudo o que me é imposto
Quero ficar num canto...sozinha!
Com olhar alienado,
de quem não pensa, não se interessa
e não conta estatisticamente para nada

Hoje, vou soltar as amarras
que me subjugam
e me tornam prisioneira do dever
na busca incessante
de um momento só meu,
gritando em silêncio absoluto...

Vou atingir o etéreo, a plenitude,
dar asas ao meu imaginário.
Neste êxtase... vou realizar
o meu desejo de tocar o horizonte,
abraçar o inatingível,
sentir a grandeza da criação,
perder-me no infinito das estrelas,
encontrar-me comigo...
e descobrir o meu verdadeiro Eu!
Cercada de uma paz que afinal existe
envolta numa aura de Amor e Compaixão.




Maria Fernanda Reis Esteves
48 anos
Natural: Setúbal
 
"Asas do meu Imaginário"

Anjo

 
Anjo
 
Acabava perdendo a visão.
Sua imagem a mim, um borrão.

Que escuridão!

Andarei a tato.
A reconhecerei no toque.
Cante-me. Vibrará o mundo.
Só assim chegarei a ti.

A ideia do esquecimento.
A ausência da sua linguagem.
Diga-me ou confie-me um segredo.

Escreva em mim, como uma carta.
Uma carta endereçada ao seu coração.
 
Anjo

MAIS BELA DO QUE UMA ROSA

 
Quando chegar a noitinha
Vou encontrar o meu amor
Que mora ali, naquela rua.
Mesmo ao lado da minha
Vou-lhe levar uma flor
Somente ao acordar da Lua.

Será a rosa mais bela
Que colhi no meu jardim
Rosa branca. luminosa.
Que vou oferecer aquela
Que foi sempre para mim
Mais bela que uma rosa.

Ela me espera à janela
Daquele simples rés do chão
Mostrando o seu sorriso.
É assim que quero vê-la
Ela é a minha paixão
E também meu Paraíso.

A minha rosa ela beijará
Com lábios de borboleta
Ligeiros no seu poisar.
Depois ela quererá
Que eu lhe chame Julieta
E assim ficando a sonhar.

A. da fonseca
 
MAIS BELA DO QUE UMA ROSA

O AMOR É ASSIM...

 
O AMOR É ASSIM...
 
“O amor pode e deve nos fazer reviver
Mas a saudade pode nos matar primeiro
Antes mesmo de acontecer o fim”

---------------------------------------------------------------

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA,CLIQUE NO POEMA
 
O AMOR É ASSIM...

DESALENTO

 
DESALENTO
 
DESALENTO

Olho meu rosto ao espelho
Mas não me deixo cair em vão
Talvez o espelho esteja velho
Ou sofra de solidão.

Sento-me no chão
Apanho os pedaços
da mágoa
Caídos do coração.
Deixo-me aprisionar nos passos
Do tempo que me quer levar
Atirando-me ao rosto areia
Enredando-me em sua teia
Sem me deixar escapar.

Nada mais me interessa
Fiquem-se meus olhos a olhar
E que a memória não impeça
De ir à fonte me banhar.
Fonte, ponto de partida
Onde ainda vou colher
A Juventude por mim não esquecida
Mas que o espelho quer esquecer.

Caminho ao lado da vida
Apresso-me porque o tudo é nada!
Levei desatenta a vida,
a levo perdida.
Sou sombra, neste espelho mal amada.

natalia nuno
rosafogo
 
DESALENTO

DONNE-MOI LE TEMPS

 
Allô!… Ah… c’est toi, mon amour!
J’attendais ton coup de fil
Plein d’impatience, et de nostalgie
Viens… Je veux t’offrir une fleur
Une rose vermeille, si belle que toi
Que dans mon jardin elle a fleuri

Son parfum, me rappelle le tien
Celui qui parfume notre maison
Le parfum de l’amour, de la passion
Reprends tes pas, viens, même demain
Donne-moi le temps pour mon cœur
Se préparer à te recevoir sans condition

A. da fonseca
 
DONNE-MOI LE TEMPS

ABRAÇA-SE O AMOR E...

 
ABRAÇA-SE O AMOR E...
 
“Vive-se em um mundo onde o amor
é o sentimento que faz o universo caminhar
de mãos dadas com a percepção do ser”

-------------------------------------------------------------

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
ABRAÇA-SE O AMOR E...