https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

,as orquídeas renasceram em flor

 
.
.
.
.
.
.
..................................
***********************************
,décima hora

(I)

,da terra em pó,calcada,
profetas anunciam cataclismos, surdos,
repetitivos, cansam-me,
e tudo em redor ensurdece, ensurdece-me,

,esvazia-se a ubiquidade,
ficam ecos suspensos sem norte pelo mar que reaparece das névoas,

encabrestam-se as ondulações,
tapando o areal, tapando as marcas,

descreve-me o sul, alivia-me do outono despetalado, iníquo.


,foge Latona

(II)

[… pariste na ilha de Delos fugindo da Píton],

foge da ira,
como o anoitecer em claridade foge do fugitivo dia de mim.


,das matinas

(III)

,regresso-me ao mar envolto por procelas,
náfegos, mitos,

olvido-me das horas, nesta indesmedida saudade
que me é longínqua de tão perto,

descreve-me a vida, alivia-me o cendrado tártaro
que persiste,

precipita-me pelo cume do precipício que o horizonte esconde,
que os adamastores protegem,

mas antes,

deixa-me adormecer num sonho teu.

[,as orquídeas renasceram em flor, finalmente, fatalmente.]




"Forfante de incha e de maninconia,
gualdido parafusa testaçudo.
Mas trefo e sengo nos vindima tudo
focinho rechaçando e galasia.
Anadiómena Afrodite? Não:"

("Afrodite? Não" Jorge de Sena)








à décima hora – 4 da tarde

Latona (na mitologia romana), ou Leto (na mitologia grega), era uma filha de Febe e Céos e mãe de Febo (Apolo) e de Diana (Àrtemis). Era a deusa do anoitecer.
Quando engravidou dos dois, cujo pai era Júpiter (Zeus), teve que fugir da ira da ciumenta deusa suprema Juno (Hera), que tinha pedido que Gaia não cedesse lugar na terra para que a deusa pudesse dar à luz seus filhos. Seus filhos nasceram na ilha Delos após fugir da serpente Píton, que Febo mataria mais tarde. Latona era a deusa da noite clara.

matinas – madrugada período entre a meia-noite e o nascer do sol

Textos de Francisco Duarte
 
Autor
F.Duarte
Autor
 
Texto
Data
Leituras
859
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 03/12/2012 21:25  Atualizado: 03/12/2012 21:25
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: ,as orquídeas renasceram em flor
Simplesmente um poema belíssimo. A magias das flores, os encantos da orquídeas


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/12/2012 22:36  Atualizado: 03/12/2012 22:36
 Re: ,as orquídeas renasceram em flor
[d'Alma dizer
no Silêncio decifrado]

mortos os monstros
repostas as raízes
tem a aurora novos sons
nascidos nas palavras desejadas

que desejo
que dom
que saber
que calar
que tu
em palavra
que
quem te lê
Sente

não interessa a resposta

são mudas as perguntas
gritantes

todos os sentires