https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Gaiatada

 
É papão, o bicho
que se enfia na cabeça
e se mete pelo medo abaixo
nos meninos gaiatos.

Ai gaiatos sem esperança
que não aprendem passos de dança
para fintar os escolhos.

Ai gaiatos aos magotes
de receios aos molhos
sem alegria nem pinotes.

Ai gaiatos e gaiatas
com pés rotos de sola dura
que nunca tiveram batas
nem sangue de gente pura.

Ai gaiatos da rua,
ai gaiatas da lua
de sorte velha e crua
e madrasta sempre nua.

Valdevinoxis


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
738
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paloma Stella
Publicado: 25/12/2006 06:35  Atualizado: 25/12/2006 06:35
Colaborador
Usuário desde: 23/07/2006
Localidade: Barueri - SP
Mensagens: 3514
 Re: Gaiatada
Gaiatos... Gaiatas...
Gostei deste contexto..

Beijinhos