https://www.poetris.com/
Sonetos : 

ASAS DE BORBOLETA

 
Tags:  SONETOS 2018  
 
ASAS DE BORBOLETA

Quem me tocou roubou-me de mim mesma.
Co'as asas aleijadas, não me movo,
Pois sempre a reviver tudo de novo;
Triste e pálida feito uma avantesma...

Não regrido à lagarta, sim à lesma!
(Por mim, regressaria antes até do ovo...):
Tudo envelhece ainda muito novo;
De luto em flores roxas de quaresma.

Como pôde enodoar-me por capricho?
Como?! Abandonar-me que nem lixo,
Quando pousada alvíssima entre os lírios?!...

Por cupidez estúpida e malsã,
Não fez mais que deixar sem amanhã,
Minh'alma obscurecida com delírios...

Belo Horizonte - 10 09 2018


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
62
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
RicardoC
Publicado: 13/09/2018 19:00  Atualizado: 13/09/2018 19:00
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2015
Localidade: Betim - Minas Gerais - Brasil
Mensagens: 3433
 Re: ASAS DE BORBOLETA
ASAS DE BORBOLETA é um soneto escrito no feminino.

Trata-se da autoanálise d’uma pessoa atormentada pela memória de abusos anteriores à puberdade. Lembro, n’essa época, que saía com primos até o jardim d’um colégio no qual havia muitas flores e, por consequência, borboletas. Nós as perseguíamos, n’um brinquedo infantil e ingênuo, por horas. Certo dia, um adulto passou por ali e disse: “Não se deve tocar as asas de borboleta senão elas não voam mais” — de facto, as poucas que havia conseguido tocar não voaram mais. Satisfeito com o impacto de suas palavras, o homem ainda completou: “E não ponham as mãos sujas do pó das asas nos olhos! Dá cegueira…” — aí que o brinquedo acabou mesmo.

Embora seja uma cena cheia de lugares comuns, a ideia da fragilidade das asas me acompanhou ao longo da vida, alimentando o mito de Psique com uma metáfora do abuso sexual e das consequências da violação do corpo sobre os males d’alma.

É isso.

Abraços, RicardoC.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 13/09/2018 20:55  Atualizado: 13/09/2018 20:55
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15563
 Re: ASAS DE BORBOLETA
Ricardo
Parabéns! Muito bom!
Beijos!
Janna