https://www.poetris.com/
Poemas : 

CHEIRO DE CAFÉ

 




bom o despertar renovado,
do que a boa cama produz.
espreguiçar-se, e bem relaxado,
após a noite farta de luz.

nos braços teu corpo divino;
gozo, e êxtases em fontes.
deambular num céu infinito,
trespassar portais, e horizontes.

‘marazul’, barco a vela singrando,
sonho, deleite sobre espumas,
leve, solto, o poema traduz;
corpo sem pudor, e alma em brumas.

antes de levantar-se, excitas,
corpo nu sob o lilás do baby-doll.
beijo de café e teu carinho,
no rosto; desejo sorrindo sol.

 
Autor
ZESILVEIRADOBRASIL
 
Texto
Data
Leituras
89
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
4
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 28/11/2018 12:50  Atualizado: 28/11/2018 12:50
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15733
 Re: CHEIRO DE CAFÉ

Belíssimo poema! Isso que é uma noite com Sol!
Senti o cheiro do café daqui e saboreei esse poema como um pãozinho fresco da manhã!
Beijos!
Janna



Enviado por Tópico
karinna*
Publicado: 30/11/2018 02:26  Atualizado: 30/11/2018 02:30
Super Participativo
Usuário desde: 26/11/2017
Localidade:
Mensagens: 135
 Re: CHEIRO DE CAFÉ
*um fecho lacrador de lindo...
A imagética sensível mas intensa sempre me abraçou em tuas composições.
Obrigado, muito obrigado por estar aqui.
Reverencio-te Poeta Maiúsculo que és, reverencio nossa amizade nunca esquecida aqui no meu peito.
Beijoka de puríssima admiração e SAUDADES.
K*

*tão decepcionada com esse espaço que desisti...quem sabe agora volto a postar aqui com a motivação de te ler novamente.