https://www.poetris.com/
Poemas -> Reflexão : 

Que festejas, irmão?

 
Que festejas tu, irmã e irmão
nesta época que dizem de Natal?

Será a fome de milhões
por este mundo desvairado
ou a loucura de alguns que matam
por demoníaca insanidade mental
será, talvez, que te alegras com os miseráveis
abandonados pela sociedade
e perdidos na sua incapacidade
de viverem como humanos?

Volto a perguntar-te, irmã e irmão...
se comemoras o enregelamento
de tantos infelizes que não têm um tecto
mas têm a triste sorte
de ser acariciados pelo vento
que atravessa as fendas das paredes,
dilacera-lhes o corpo
e rouba-lhes o sono
na noite fria que tudo congela?

Pois, irmã e irmão...
até entendo que te tenhas esquecido disso,
importante é teres conforto
e a família em teu redor,
porque Natal é essencialmente
harmonia, paz e felicidade!

Os outros, pois, os outros
se sofrem não é por culpa tua,
mas sim da ganância e hipocrisia
deste louco mundo...

Pensa, porém, um pouquinho nos outros,
pouco valerá, obviamente,
mas talvez a tua consciência
se aquiete e reflicta
sobre o que andas a fazer por cá,
nesta terra maravilhosa
onde tiveste o privilégio de nascer!

José Carlos Moutinho
16/12/18

Decreto-Lei, nº 63/85
dos direitos do autor


 
Autor
zemoutinho
 
Texto
Data
Leituras
84
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.