https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Obscuro Crepúsculo

 
Open in new window
Obscuro Crepúsculo

Luz negra que se lança sobre a terra
e a cada folha seca que cai nas areias
são os silêncios e os suplícios que se encerram
nas árias do crepitar de imensas fogueiras.

Oh! Mortal criatura virulenta
me queima com olhos em agonia
Na morticidade furiosa da tormenta
na luz negra que escurece o dia.

Mortal é este amor de maldição
rosas rubras todas dilaceradas
folhas secas todas mal amadas
neste imenso fosso do meu coração.

Ah!
Cruel sentença deste jeito de amar
e desta tristeza que me enternece
eu vou orar a Deus uma prece
pela negra luz deste teu olhar.

Alexandre

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
234
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.