https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Homens sofrem como as árvores

 




Homens sofrem como as árvores.
Com o clamor nos ares.
A arfar a fel.
Cortam de lado a lado.
O coração.
Enquanto latem os cães,
do outro lado.

De olhos rachados.
A expirar medo.
P`las espadas em relâmpago.
Caem vultos.
Em solidão.
Em lodo.
Em sangue denso.
Ardentes latidos.
Ferem a inocência no âmago.

Trazem a arte nos dentes.
A arte de matar e morrer.
Urrando ferro e fogo.
Nos campos.
Rosas flageladas.
Os Homens sofrem.
Com os espinhos do Homem.




















Zita Viegas















 
Autor
atizviegas68
 
Texto
Data
Leituras
450
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
17 pontos
3
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
benjamin
Publicado: 14/04/2022 09:29  Atualizado: 14/04/2022 16:21
Super Participativo
Usuário desde: 02/10/2021
Localidade:
Mensagens: 154
 Re: Homens sofrem como as árvores p/ AtizViegas
.
Mais um poema magnífico, que faz um ótimo díptico com "Noites são casas onde as mulheres se demoram" (link), um dos meus poemas preferidos de AtizViegas68.


Enviado por Tópico
(Namastibet)
Publicado: 28/06/2022 09:19  Atualizado: 28/06/2022 09:19
Subscritor
Usuário desde: 18/08/2021
Localidade: Azeitão, Setúbal, Portugal
Mensagens: 1518
 Re: Homens sofrem como as árvore