https://www.poetris.com/

 
« 1 (2) 3 4 5 ... 12 »
Textos deste autor
Offline
Manu_C.
AS TRÊS PALAVRAS MAIS ESTRANHAS (Wislawa Szymborska)
AS TRÊS PALAVRAS MAIS ESTRANHAS Quando pronuncio a palavra Futuro a primeira sílaba já pertence ...
Enviado por Manu_C.
em 06/01/2012 12:43:36
Textos deste autor
Offline
GeMuniz
Enviado por GeMuniz
em 30/07/2011 01:47:45
Textos deste autor
Offline
flavito
Do Nada muita Coisa se escreve
Ás vezes, e por meras vezes O poema vem do nada Surge-nos como uma fada Lançada apenas para pa...
Enviado por flavito
em 17/07/2011 09:13:28
Textos deste autor
Offline
GeMuniz
Enviado por GeMuniz
em 12/07/2011 22:38:25
Textos deste autor
Offline
José-Rudá
Um Grão de Loucura
Um grão de areia não tem cor, não tem cheiro, não tem sabor pode ser chutado, pisoteado, esmagado...
Enviado por José-Rudá
em 10/03/2011 19:03:49
Textos deste autor
Offline
Carlos Ricardo
Do céu à terra
Eu olho Da terra para o céu Não do céu para a terra De mim para tudo Nada me encerra E não levo O...
Enviado por Carlos Ricardo
em 31/01/2011 22:58:39
Textos deste autor
Offline
anakosby
ECO-SISTEMA SEM ECO...
E rir!!! Rir muito...quá, quá, qua... Encher a boca de nada e gritar de dentro uma risada sono...
Enviado por anakosby
em 21/09/2010 16:31:17
Textos deste autor
Offline
anakosby
Poema do poeta doido.
A mim? Prefiro os horizontes. Sabe como é... Os rinocerontes tem cara de mulher vestem roupa c...
Enviado por anakosby
em 19/09/2010 15:49:24
Textos deste autor
Offline
anakosby
Amor quixotesco
E rangiam madrugadas em dentes e rugiam feras em ouvidos e por dentro floresciam flores e por...
Enviado por anakosby
em 19/09/2010 07:56:18
Textos deste autor
Offline
Alberto da fonseca
ESTEJA À VONTADE
Tenho para mim, Que o suicídio pode ser um acto de cobardia. Tenho para mim, Que viver é com c...
Enviado por Alberto da fonseca
em 26/08/2010 21:55:22
Textos deste autor
Offline
anakosby
Digressões sobre o nada
E parecia tanto, e era tão nada... Página virada nada à volta nem raiva, nem rancor nem revolta ...
Enviado por anakosby
em 11/08/2010 19:44:22
Textos deste autor
Offline
Graça Silva
Sou tudo e sou nada!
Sou a chuva que caí numa noite fria O sol que aquece a madrugada A chama ardente que queima Am...
Enviado por Graça Silva
em 05/08/2010 15:30:17
Textos deste autor
Offline
Inspiração_Estelar
Tudo, a Não Ser Nada
Árvores camufladas, Por sombras de ódio. Inundadas por águas de tristeza. São puras de mágoa. A...
em 21/07/2010 23:05:55
Textos deste autor
Offline
SantosAlmeida
nada
deixava-vos hoje, sem o anunciar, e é provável que o faça. respirar ares que me dizem nada, pess...
Enviado por SantosAlmeida
em 27/05/2010 13:52:34
Textos deste autor
Offline
Rui_Valdemar
Pura Mentira
Simplesmente não aguente viver de frases que alimentam a solidão de um ser repleto de magia que v...
Enviado por Rui_Valdemar
em 07/05/2010 16:37:35
Textos deste autor
Offline
anatomia
Saudades de escrever... Divagações..
Nada! O som desta palavra é constante em mim Por tantos motivos.. "Nada" é tanto do qu...
Enviado por anatomia
em 04/03/2010 12:42:41
Textos deste autor
Offline
Liliana Jardim
Credulidade
A raiva penetra bem fundo, nos olhos marejados e adocicados da credulidade. Ergo a taça vazia e ...
Enviado por Liliana Jardim
em 28/09/2009 12:47:13
Textos deste autor
Offline
rosafogo
Verdade Crua
Verdade Crua O Mundo está vazio! Nada conta! A não ser!? De nada querer saber Nada querer ouvir ...
Enviado por rosafogo
em 11/09/2009 01:21:11
Textos deste autor
Offline
rosafogo
O que sou?
O que sou? Sou pássaro de arribação?! Sim! Levo comigo ilusão. Num vôo de desejo Vôo de liberdad...
Enviado por rosafogo
em 06/09/2009 23:43:05
Textos deste autor
Offline
poesiadeneno
O NADA É ETERNO
O NADA É ETERNO Anoitece as sombras vestem as casas o sonho envolve os amantes os pássaros dor...
Enviado por poesiadeneno
em 11/08/2009 22:48:26
« 1 (2) 3 4 5 ... 12 »