https://www.poetris.com/

 
« 1 2 (3) 4 5 6 ... 56 »
Offline
Sterea
Seivas
Acredito nas palavras tanto quanto acredito nas árvores: umas vezes despidas outras vezes em flo...
Enviado por Sterea
em 08/11/2016 23:46:17
Offline
Sterea
Pontinhos de luz
...e pousam em súbitas clareiras todas as cores que me voam no olhar. É remanso mais que tudo a...
Enviado por Sterea
em 06/11/2016 16:42:13
Offline
Sterea
Senhora Saudade
Senhora Saudade, que te faz voltar? O minguar dos dias? Lenha a crepitar? Senhora Saudade, que...
Enviado por Sterea
em 23/10/2016 09:47:30
Offline
Sterea
Poema sem título nem fim
Quereria sair de mim quando a dor profana me assombra e me parece desmedidamente grande para o pe...
Enviado por Sterea
em 27/09/2016 20:57:13
Offline
Sterea
As tuas mãos, minha filha
...as tuas mãozinhas miúdas tocando-me ao de leve a dor os teus dedinhos de luz ajeitando-me os...
Enviado por Sterea
em 26/09/2016 23:04:28
Offline
Sterea
‘Autumn blues’
Volta meu amor antes que me dispa o vento e me pisem os dias minguantes e se precipitem as chuva...
Enviado por Sterea
em 25/09/2016 01:39:36
Offline
Sterea
Chuva de luz
Acima de mim há um céu tão definido um olhar, um apelo um brilho que cai sobre os meus cabelos u...
Enviado por Sterea
em 07/09/2016 11:27:24
Offline
Sterea
Entre mim e um fado e o fado de mim
Entre um fado e o Fado vibram-me estremecimentos - trinados íntimos que me elegem voz e me disper...
Enviado por Sterea
em 06/09/2016 09:49:12
Offline
Sterea
Águas doces
Palavras como seda morna e a dança das papoilas ao roçar do seu vulto iniciação de mel musi...
Enviado por Sterea
em 29/08/2016 21:54:43
Offline
Sterea
Cheiros
Acre, fundo e bruma, o aroma invasor cercando os sentidos, minando raízes de lembranças pardas, ...
Enviado por Sterea
em 19/08/2016 17:52:18
Offline
Sterea
pomo em questão
a irreversibil -idade da pedra a convertibil -idade moderna e tu e eu ignorando a inflamabil ...
Enviado por Sterea
em 14/08/2016 16:54:45
Offline
Sterea
Poema para dizer que te tenho (dentro de mim)
imagino-te em todos os lugares dentro do mundo por aí vivendo fora de mim o mesmo segundo. imag...
Enviado por Sterea
em 09/07/2016 11:57:32
Offline
Sterea
Estamos a ficar velhos, Amor.
Estamos a ficar velhos Amor. A nossa pele já é madeira doce e os nossos olhos são cálices de po...
Enviado por Sterea
em 17/06/2016 22:15:04
Offline
Sterea
Arrebol
Há tanto tempo o céu deixou de ser azul simples quando eu o penso Teu ao tempo que as águas ...
Enviado por Sterea
em 15/04/2016 00:33:18
Offline
Sterea
...e tu esperas-me
O tempo é sempre igual entre estas quatro paredes. Ou quase - às vezes há uma hora ou outra que m...
Enviado por Sterea
em 08/04/2016 10:16:44
Offline
Sterea
Chacina
Gumes de primavera mal nascida atravessaram o peito da cameleira: esvaíu-se em sangue e em pomos...
Enviado por Sterea
em 03/04/2016 11:00:10
Offline
Sterea
Poesia fina
excesso e míngua . paixão e língua . insídia . e se a pele o permite lúdico convite ao orgasmo...
Enviado por Sterea
em 01/04/2016 12:46:43
Offline
Sterea
Assinatura
Olha-me... Começa por prender-me o olhos, como quem se agarra à vida, depois, encontra-me na des...
Enviado por Sterea
em 20/03/2016 16:41:28
Offline
Sterea
Se ara fosse o meu lembrar
. Searas soltas ao acaso das coisas subsistentes trigais da minha infância centeais prenhes suss...
Enviado por Sterea
em 02/03/2016 19:13:53
Offline
Sterea
Carta de Amor Final
Olá, minha Vida Nem sei por que ainda te escrevo, sabes… ? Não, não é por nunca me teres respond...
Enviado por Sterea
em 14/02/2016 12:00:05
« 1 2 (3) 4 5 6 ... 56 »