https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Versejar

 
Open in new window
Versejar

Fulgura, força, destrutiva
escura
explode procurando versos
porque parte submerge
na escuridão da terra
enquanto parte silencia
é quando
a outra berra.

Fome, fonema, disforme
criatura
toda a sala se cala
para ouvir com atenção
de quais traços è feita
a palavra perfeita
poesia ou canção
amor, ódio ou paixão.

Flor, fada, a face desmancha
em candura
quando pousa em teus lábios
uma gota de mel
diamante adocicado
azulado como o céu
no teu perfume se encontra
os versos do poema
é uma pena não saber versejar
mas isto não é problema
todo o oceano tem um pouco do mar.

Alexandre


 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
352
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.