https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Brilho Eterno

 
Open in new window
Brilho Eterno

É nesta solidão que eu me encontro
que me transforma neste ser pleno
É nesta solidão que eu me conheço
E me perco no tempo terreno

Mas toda revelação tem seu preço
Faz do meu corpo um pedaço pequeno
Face ao gigantismo que eu desconheço
Então eu bebo deste amargo veneno

A melancolia nem sempre é tristeza
Porem a solidão não sei, talvez seja
Existem flores que florescem o ano todo?

Será que a verdade é apenas simples engodo?
Mesmo com a voz doentia deste mundo moderno
nem mesmo o sol que ilumina a terra, terá um brilho eterno.

Alexandre Montalvan


 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
108
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.